Campeões do Futebol

A CRUZ DE SANTIAGO - HERÁLDICA NO FUTEBOL



Introdução Cruz Savóia Cruz Santo André Cruz São Jorge Cruz de Santiago Cruz de Avis Cruz de Malta Cruz Templária Cruz de Cristo Cruz Pátea Cruz Missioneira Cruzeiro do Sul Cruzes não Identificadas Bibliografia + LIVROS


4. Cruz de Santiago

A Ordem Militar de Santiago foi fundada em 1161, no reino de Leão (parte da atual Espanha), por um grupo de cavaleiros que resolveram defender, de ataques mouros, os peregrinos cristãos que visitavam o sepulcro de Santiago Maior Apóstolo, em Compostela, na Galícia (região espanhola).

Em pouco tempo, a Ordem se espalhou, chegando a Portugal em 1172. Em 1440, esse ramo português da Ordem obteve, do papa, independência da matriz espanhola, ganhando o nome de Ordem Militar de Santiago da Espada, que existe até hoje como ordem honorífica portuguesa, de caráter cultural. Durante o período do Brasil colônia, quem aqui morava e tinha ambições de pertencer à nobreza almejava pertencer às Ordens de Santiago, de Avis ou de Cristo (a mais cobiçada), pois isso lhes garantia inúmeros privilégios.

Ambas as Ordens de Santiago – a espanhola e a portuguesa – usavam, no escudo, a chamada Cruz de Santiago: uma cruz vermelha (“goles”), em forma de espada (“espatária”), em que a empunhadura é arrematada em forma de coração com a ponta para fora, as guardas são flordelisadas enquanto o pé é afiado (“lancetado”). As duas flores-de-lis significam “honra sem mancha”, uma alusão à firmeza moral de Santiago. Já o pé espatário lembra que ele morreu decapitado com uma espada. Esse formato permitia que os cavaleiros fincassem a cruz na terra para fazer suas orações diárias.

A Cruz e a Medalha de Santiago
Quando, em 01.01.1933, imigrantes espanhóis da Galícia resolveram fundar um clube em Salvador, natural que escolhessem o nome de Galícia (BA). Que as cores fossem azul e branco, da bandeira da Galícia. E que, no centro do escudo, colocassem a Cruz de Santiago.

Por mascote, a escolha recaiu sobre o Granadeiro – um soldado espanhol. E, no hino de Francisco Icó da Silva, para que ninguém duvide, o Demolidor de Campeões é corretamente chamado: “Granadeiro da Cruz de Santiago”!

Como vimos, a Ordem de Santiago também existiu em Portugal e no Brasil. Ou seja, a Cruz de Santiago bem poderia ter sido adotada por outros clubes, fora da colônia espanhola. No entanto, desconheço.
Escudo do Galícia


CRUZ DE SÃO JORGE Cruz de Santiago CRUZ DE AVIS

 

Clubes do Futebol Paulista 1888-1909

Ir ao Topo