Campeões do Futebol

CAPÍTULO 2 - UNIFICAÇÃO DOS TÍTULOS BRASILEIROS
(3. TORNEIOS ENTRE CAMPEÕES ESTADUAIS)



Introdução / Sumário Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Capítulo 4 Capítulo 5 Capítulo 6 Capítulo 7 Bibliografia   + LIVROS


3. Torneios entre Campeões Estaduais

3.1. Entre campeões estaduais – RJ-SP

Entre clubes paulistas e cariocas, o primeiro jogo de futebol foi do Fluminense, no Velódromo paulista, em setembro de 1903. Nos dias 6, 7 e 8, empatou com o Sport Club Internacional em 0x0, venceu o Club Athletico Paulistano por 2x1 e o Spac por 3x0, respectivamente.

Entre os campeões dos dois estados, ocorreram alguns amistosos. Em 07.09.1906, Fluminense e Germânia jogaram, mas o Fluminense ainda não tinha se sagrado o primeiro campeão carioca. O primeiro confronto entre campeões ocorreu em 15.08.1909, quando Fluminense e Paulistano, campeões do ano anterior, se enfrentaram no Rio: 3x1 para o clube carioca. Pouco depois, em 08.09.1909, o Fluminense, já campeão carioca também desse ano, jogou com a AA das Palmeiras, que ainda não tinha se sagrado campeã paulista.

Em 1911, Botafogo FC e AA das Palmeiras, campeões do ano anterior, disputaram a Taça Salutaris, oferecida pelo fabricante de água mineral de mesmo nome. A equipe paulista venceu a primeira partida, no Rio, por 4x2, em 11.06.1911, e também a segunda, no Parque Antarctica, por 2x0, em 03.09.1911. Desentendimentos entre as ligas esfriaram a idéia de retomar a disputa nos anos seguintes.

A tentativa seguinte de estabelecer uma competição entre os campeões paulista – pela Associação Paulista de Esportes Atléticos (Apea) – e carioca foi a Taça dos Campeões Estaduais, cuja primeira edição foi disputada em 1914, entre os campeões de 1913 (para maiores detalhes sobre essa disputa, ver o capítulo “Primeira suspeita de suborno”, em nosso livro Do fundo do baú).

A segunda edição foi disputada em 25.04.1915, na qual o Flamengo, campeão carioca de 1914, perdeu para o São Bento, campeão pela Apea em 1914, no Velódromo, por 1x0. Só em 1927 foi organizada a terceira edição, vencida pelo Palestra Itália, que superou o São Cristóvão. Em 1930, o Corinthians ganhou do Vasco. Em 1931, o Botafogo venceu o Corinthians. Em 1941, o Corinthians derrotou o Fluminense. Em 1942, o Palmeiras ganhou do Flamengo. Em 1947, o Palmeiras venceu o Vasco. Finalmente, em 1953, o São Paulo bateu o Flamengo. Daí em diante, a disputa entre os campeões acabou abafada pelo Torneio Rio – São Paulo.

Outra tentativa de estabelecer uma disputa anual regular entre os campeões paulista e carioca surgiu com a Taça Ioduran, oferecida pelo Laboratório Ioduran. O mando de jogo da primeira disputa seria no Rio de Janeiro; o das disputas seguintes, seria definido pelo estado a que pertencesse o vencedor da Ioduran do ano anterior. Na primeira edição, referente aos campeões de 1916, o Paulistano (pela Apea) se recusou a jogar no Rio contra o America, que a venceu, portanto, por WO. Na segunda edição, referente aos campeões de 1917, o Paulistano venceu o Fluminense por 3x2, em 07.04.1918, no Velódromo.

Na terceira edição, referente aos campeões de 1918, a Apea comunicou à Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT), carioca, que estavam suspensas as disputas da Ioduran, em virtude de desavenças sobre transferências de jogadores. Por isso, em 16.01.1920, a LMDT declarou o Fluminense campeão por WO, já que o Paulistano não compareceu. Como retaliação, a Apea resolveu boicotar a seleção que disputaria o Campeonato Sul-Americano (atual Copa América), no Chile. Para evitar esse prejuízo ao selecionado nacional, em 04.08.1920, o Fluminense abriu mão de receber o troféu, que não foi mais disputado.

ENTRE CAMPEÕES ESTADUAIS RJ-SP
Ano Campeões de Campeão Vice Taça
1909 1908 Fluminense Paulistano (amistoso)
1911 1910 AA Palmeiras Botafogo Salutaris
1914 1913 Paulistano e América   dos Campeões Estaduais
1915 1914 São Bento Flamengo dos Campeões Estaduais
1917 1916 América Paulistano Ioduran
1918 1917 Paulistano Fluminense Ioduran
1919 1918 Fluminense Paulistano Ioduran
1927 1926 Palestra São Cristóvão dos Campeões Estaduais
1930 1929 Corinthians Vasco dos Campeões Estaduais
1931 1930 Botafogo Corinthians dos Campeões Estaduais
1941 1941 Corinthians Fluminense dos Campeões Estaduais
1942 1942 SE Palmeiras Flamengo dos Campeões Estaduais
1947 1947 SE Palmeiras Vasco dos Campeões Estaduais
1953 1953 São Paulo Flamengo dos Campeões Estaduais
Títulos: 3 – SE Palmeiras (e Palestra); 2 – Fluminense, Paulistano, America, Corinthians; 1 – AA das Palmeiras, São Bento, Botafogo, São Paulo
Por estado: 10 - São Paulo; 5 - Rio de Janeiro

3.2. Entre campeões estaduais – Brasil

Em março de 1920, no Estádio das Laranjeiras, foi disputada a Copa dos Campeões, um torneio entre os times campeões do ano anterior em São Paulo (Paulistano), Rio de Janeiro (Fluminense) e Rio Grande do Sul (GE Brasil, primeiro campeão gaúcho). O Paulistano foi o campeão, ao vencer o Fluminense por 4x1 e o Brasil por 7x3. O Fluminense foi o vice, ao vencer o Brasil por 6x2.

A segunda edição ocorreu em janeiro e fevereiro de 1937, fruto do conflito de poder travado entre a Federação Brasileira de Futebol (FBF), de futebol profissional, e a Confederação Brasileira de Desportos (CBD), ainda presa ao futebol amador. Foi disputada pelos times que, em 1936, tinham se sagrado campeões profissionais no sudeste: Atlético (MG), Fluminense (DF – cidade do Rio), Rio Branco (ES), Portuguesa de Desportos (SP), Aliança (RJ – antigo estado do Rio) e Liga de Sports da Marinha.

Semelhante a esse foi o Torneio dos Campeões de 1967, do qual participaram o campeão e o vice mineiros (Cruzeiro e Atlético, respectivamente), mais os campeões paulista (Palmeiras) e carioca (Bangu), todos de 1966. O torneio foi vencido pelo Bangu, vice Atlético-MG. Porém, nessa época já era disputado um certame de maior amplitude, a Taça Brasil, o primeiro torneio anual regular entre os campeões estaduais. Criada para preencher a vaga brasileira na Libertadores, a competição durou de 1959 a 1968. Depois, veio a Copa do Brasil, de 1989 em diante.

ENTRE CAMPEÕES ESTADUAIS - BRASIL
Ano Campeão Vice Torneio
1920 Paulistano Fluminense Copa dos Campeões
1937 Atlético-MG Fluminense Copa dos Campeões
1959 Bahia Santos Taça Brasil
1960 Palmeiras Fortaleza Taça Brasil
1961 Santos Bahia Taça Brasil
1962 Santos Botafogo Taça Brasil
1963 Santos Bahia Taça Brasil
1964 Santos Flamengo Taça Brasil
1965 Santos Vasco Taça Brasil
1966 Cruzeiro Santos Taça Brasil
1967 Palmeiras Náutico Taça Brasil
1968 Botafogo Fortaleza Taça Brasil
1989 Grêmio Sport Copa do Brasil
1990 Flamengo Goiás Copa do Brasil
1991 Criciúma Grêmio Copa do Brasil
1992 Internacional Fluminense Copa do Brasil
1993 Cruzeiro Grêmio Copa do Brasil
1994 Grêmio Ceará Copa do Brasil
1995 Corinthians Grêmio Copa do Brasil
1996 Cruzeiro Palmeiras Copa do Brasil
1997 Grêmio Flamengo Copa do Brasil
1998 Palmeiras Cruzeiro Copa do Brasil
1999 Juventude Botafogo Copa do Brasil
2000 Cruzeiro São Paulo Copa do Brasil
2001 Grêmio Corinthians Copa do Brasil
2002 Corinthians Brasiliense Copa do Brasil
2003 Cruzeiro Flamengo Copa do Brasil
2004 Santo André Flamengo Copa do Brasil
2005 Paulista Fluminense Copa do Brasil
2006 Flamengo Vasco Copa do Brasil
2007 Fluminense Figueirense Copa do Brasil
2008 Sport Corinthians Copa do Brasil
2009 Corinthians Internacional Copa do Brasil
2010 Santos Vitória Copa do Brasil
2011 Vasco Coritiba Copa do Brasil
2012 Palmeiras Coritiba Copa do Brasil
2013 Flamengo Atlético-PR Copa do Brasil
Títulos: 6 – Santos; 5 – Cruzeiro; 4 – Grêmio, Palmeiras; 3 – Flamengo; 2 - Corinthians; 1 – Paulistano, Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Criciúma, Internacional, Juventude, Santo André, Paulista, Fluminense, Sport, Vasco
Por estado: 15 - São Paulo; 6 - Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro; 1 - Bahia, Santa Catarina, Pernambuco
Página anterior TORNEIOS ENTRE SELEÇÕES INTRODUÇÃO TORNEIO ENTRE PRINCIPAIS TIMES Próxima página

 

Clubes do Futebol Paulista 1888-1909

Ir ao Topo