Letra do Hino

No início da década de 1920 o Paysandu passou a ter hino oficial. A letra é do poeta José Simões, enquanto que a música foi feita pelo professor Manuel Luis de Paiva.

De vitórias e louros coroado,
Altivo, o Paysandu jamais temeu...
Tem um belo, honradíssimo passado,
São nobres as batalhas que venceu

Cada um de nós guarda no peito,
Valor e orgulho extraordinários
Das nossas cores têm respeito
Os mais pujantes adversários

"Lutar"! eis a divisa que trazemos!
"Vencer"! eis a esperança que nos guia!
Leais e destemidos seguiremos
A glória que o futuro nos confia!

Cada um de nós guarda no peito...
Somos jovens e ousados paladinos,
E sempre achar-nos-hão de gladio nu,
Elevando nos prélios mais ferinos
Com honra o pavilhão do Paysandu
Cada um de nós guarda no peito...

Amamos os combates! e na luta,
Como antigos heróis nos comportamos,
Por isso a vez do público se escuta,
Saudar o Paysandu com meus aclamos
Cada um de nós guarda no peito...


Por Sidney Barbosa da Silva.
Fontes: www.paysandu.com.br; Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 13/Outubro/2005 - atualizada em 26/Julho/2010.

Livros Digitais Campeões do Futebol