AceOdds últimos códigos promocionais de apostas

Estádio do Chelsea Football Club
O Estádio em 2012. Foto: Divulgação www.chelseafc.com, em 2012

O Stamford Bridge é o único estádio de toda história do Chelsea desde sua fundação. Foi inaugurado oficialmente em 28 de abril de 1877. Durante vinte e oito anos foi utilizado pelo clube de atletismo London Athletics Club.

O estádio foi desenhado por Archibald Leitch e, inicialmente, incluía uma bancada de 120 metros de comprimento no lado leste, que poderia manter 5.000 espectadores.

Em 1896, os irmãos Gus e Joseph Mears, compraram o estádio, mas só tomando posse em 1904. A intenção dos irmãos Mears, era que o estádio recebesse partidas do mais alto nível do futebol inglês.

A família ofereceu o estádio para o Fulham, mas a oferta foi rejeitada. Como resultado, os proprietários decidiram fundar o seu próprio clube para jogar no seu novo estádio. Como já havia um clube chamado Fulham, os fundadores decidiram adotar o nome do bairro vizinho (Chelsea) para o clube, após ter rejeitado nomes como Kensington FC, Stamford Bridge FC e London FC.

Com um desenho original de uma tigela aberta e com setores cobertos, o Stamford Bridge tinha uma capacidade inicial de cerca de 100.000 pessoas. No início dos anos 1930, os proprietários começaram a construir uma camada no lado sul do campo, que cobria 1/5 do total do estádio. Esta sessão era conhecida como "Shed End", onde ficavam os mais leais torcedores do Chelsea, especialmente nos anos 1960 até os anos 1980.

No final dos anos 1960 e início dos anos 1970, os proprietários do clube tinham um projeto para modernizar o Stamford Bridge, tendo intenção de diminuir a capacidade para 50.000 lugares. O trabalho começou na sessão leste no início dos anos 1970, mas o clube estava endividado, não tendo mais como pagar a reforma, o que resultou na venda do estádio, para quitar as dívidas. Após uma longa e dura batalha judicial, foi assegurado ao Chelsea permancer com o estádio e a remodelação do estádio foi retomada em meados da década de 1990. O norte, oeste e sul do estádio, foram totalmente reconstruído com diferentes lugares e mais próximo do campo. Este processo foi concluído em 2001.


Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva.
Fontes: www.chelseafc.com; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 10/Novembro/2012.