Ano Campeão Vice
2021 Atlético de Alagoinhas Bahia de Feira
2020 Bahia Atlético de Alagoinhas
2019 Bahia Bahia de Feira
2018 Bahia Vitória
2017 Vitória Bahia
2016 Vitória Bahia
2015 Bahia Vitória da Conquista
2014 Bahia Vitória
2013 Vitória Bahia
2012 Bahia Vitória
2011 Bahia de Feira Vitória
2010 Vitória Bahia
2009 Vitória Bahia
2008 Vitória Bahia
2007 Vitória Bahia
2006 Colo Colo Vitória
2005 Vitória Bahia
2004 Vitória Bahia
2003 Vitória AE Catuense
2002 Vitória Fluminense de Feira FC
2001 Bahia Juazeiro Social C
2000 Vitória Bahia
1999 Bahia e Vitória EC Poções
1998 Bahia Vitória
1997 Vitória Bahia
1996 Vitória Bahia
1995 Vitória Galicia
1994 Bahia Vitória
1993 Bahia Vitória
1992 Vitória Bahia
1991 Bahia Fluminense de Feira FC
1990 Vitória Fluminense de Feira FC
1989 Vitória Bahia
1988 Bahia Vitória
1987 Bahia AE Catuense
1986 Bahia AE Catuense
1985 Vitória Bahia
1984 Bahia AD Leônico
1983 Bahia AE Catuense
1982 Bahia Galicia
1981 Bahia Vitória
1980 Vitória Galícia
1979 Bahia Vitória
1978 Bahia AD Leônico
1977 Bahia Vitória
1976 Bahia Vitória
1975 Bahia Vitória
1974 Bahia Vitória
1973 Bahia Alagoinhas Atlético Clube
1972 Vitória Bahia
1971 Bahia Vitória, Fluminense de Feira FC
1970 Bahia Itabuna AC
1969 Fluminense de Feira FC Bahia
1968 Galícia Fluminense de Feira FC
1967 Bahia Galícia
1966 AD Leônico Vitória
1965 Vitória Galícia
1964 Vitória Bahia
1963 Fluminense de Feira FC Bahia
1962 Bahia Vitória
1961 Bahia Botafogo SC e Vitória
1960 Bahia Ypiranga
1959 Bahia Vitória
1958 Bahia Vitoria
1957 Vitória Bahia
1956 Bahia Fluminense de Feira FC
1955 Vitória Bahia
1954 Bahia Botafogo SC
1953 Vitória Botafogo SC
1952 Bahia Ypiranga
1951 Ypiranga Vitória
1950 Bahia Vitória
1949 Bahia Ypiranga
1948 Bahia Galícia
1947 Bahia Vitória
1946 AD Guarany Ypiranga
1945 Bahia Galícia
1944 Bahia Galícia
1943 Galícia Botafogo SC
1942 Galícia Vitória
1941 Galícia Bahia
1940 Bahia Galícia
1939 Ypiranga Galícia
1938
1938
Botafogo SC
Bahia
Ypiranga
Galícia
1937 Galícia Ypiranga
1936 Bahia Galícia
1935 Botafogo SC Galícia
1934 Bahia Energia Circular
1933 Bahia Ypiranga
1932 Ypiranga Botafogo SC
1931 Bahia Ypiranga e Botafogo SC
1930 Botafogo SC Fluminense FC (Salvador)
1929 Ypiranga Botafogo SC
1928 Ypiranga Bahiano de Tenis
1927 Baiano de Tênis Ypiranga
1926 Botafogo SC Ypiranga
1925 Ypiranga AA da Bahia
1924 AA da Bahia Bahiano de Tênis
1923 Botafogo SC AA da Bahia
1922 Botafogo SC AA da Bahia
1921 Ypiranga AA da Bahia
1920 Ypiranga AA da Bahia
1919 Botafogo SC Fluminense FC (Salvador)
1918 Ypiranga Botafogo SC e Fluminense FC (Salvador)
1917 Ypiranga Fluminense FC (Salvador)
1916 SC República Fluminense FC (Salvador)
1915 Fluminense FC (Salvador) Ypiranga
1914 SC Internacional Fluminense FC (Salvador)
1913 Fluminense FC (Salvador) SC Internacional e Sul América
1912 Atlético FC Vitória
1911 SC Bahia Vitória
1910 SC Santos Dumont São Paulo Club
1909 Vitória Santos Dumont
1908 Vitória Santos Dumont
1907 CNR São Salvador Vitória
1906 CNR São Salvador Vitória
1905 C Internacional de Cricket CNR São Salvador

Em alguns anos, a lista aponta dois vice-campeões porque eles terminaram empatados em pontos mas não há informação quanto ao critério de desempate adotado na época (número de vitórias, saldo de gols, gols pró, confronto direto etc.).

1938 – Nesse ano, foram organizados dois campeonatos estaduais em sequência, com os mesmos times (exceto pelo Energia Circular). O primeiro, de maio a agosto, vencido pelo Botafogo; e o segundo, de outubro a março do ano seguinte, vencido pelo Bahia.

1961 e 1962 – O Bahia foi campeão sem finais porque venceu os dois turnos. Como não houve disputa do segundo lugar, não está claro quais times podem ser considerados vice-campeões. Mesmo correndo o risco de anacronismo, para fins de preenchimento da tabela, adotamos aqui o critério de 1977, dos anos 90 e de 2006, ou seja, a maior pontuação somada em ambos os turnos.

1999 – Na primeira partida das finais, o Bahia venceu o Vitória por 2x0. A segunda não foi realizada por duplo WO. Posteriormente, o título foi dividido entre os dois finalistas.

2002 – Anteriormente informávamos que o Palmeiras do Nordeste havia conquistado o título baiano de 2002 e o Vitória, o Supercampeonato baiano. A verdade é que o Palmeiras do Nordeste venceu apenas a primeira fase e o Vitória, o campeonato estadual. Agradecimentos a Daniel Argudin Dalence, de Salvador-BA, pela correção.


Pesquisas de Laércio Becker, de Curitiba-PR; Sidney Barbosa da Silva; colaboração do Sr. Dílson Silveira Filho
Fontes: “História do campeonato baiano: 1905-2019”, de Julio Bovi Diogo; Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 2005 e atualizada em 16/Setembro/2021.