Federação catarinense de Futebol  A PRIMEIRA PARTIDA DE FUTEBOL EM  SANTA CATARINA



História A Primeira Partida Primeiro Jogo Noturno Maiores Goleadas 1ª Divisão Copa SC 2ª Divisão 3ª Divisão Mais Competições Arquivo    ₊ ESTADUAIS

       

Foto do Campo do Manejo
O Campo do Manejo

Faz 106 anos que houve o primeiro jogo de futebol de que se tem registro em Santa Catarina. O fato histórico ocorreu no dia 14 de agosto de 1910 e tornou-se um marco na história deste esporte no estado.

A primeira tentativa de formar um time ocorreu em 1904, quando Paulo Demoro, Orlando Formiga e Alfredo Trampowski, membros tradicionais famílias de Florianópolis, tentaram fundar o Sport Club Catharinense. A idéia não logrou êxito.

Em 1906, houve a inauguração do Ginásio Santa Catarina – atual Colégio Catarinense (em 2010). A orientação pedagógica ficou a cargo de padres da Congregação Jesuíta, com sede em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Eles incluíram o futebol como atividade esportiva e recreativa aos alunos internos e externos.

O começo foi de maneira rudimentar, sem marcações de campo ou regras. Um número ilimitado de alunos era dividido em dois times e o objetivo único era chutar a bola entre sarrafos fincados no chão. A bola também foi trazida na bagagem pelos padres.

A prática esportiva ficou restrita aos muros do Ginásio até agosto 1910, quando ocorreu a primeira partida (com regras, árbitro e times uniformizados) de futebol em Santa Catarina. Um grupo de advogados, oriundos de vários estados brasileiros, veio prestar concurso de Juíz de Direito em Florianópolis.

Sabendo da prática do futebol no Ginásio, eles fizeram um desafio. Os atletas ginasianos, que contaram com a ajuda do advogado Romeu de Miranda nos ensinamentos das regras, aceitaram o convite.

A partida foi realizada dia 14, um domingo, no campo do Manejo, situado à antiga praça General Osório (no local hoje - "em 2010" - existe o Instituto Estadual de Educação). O local tinha este nome porque era onde os soldados do 14° Batalhão de Caçadores do Exército faziam exercícios de manejo de armas.

Um mutirão feito pelos jogadores deixou o local apropriado para a histórica partida. Não havia rede, apenas as traves em madeira. Os atletas do Ginásio Santa Catarina atuaram de uniforme branco com uma larga faixa horizontal vermelha na cintura. Os advogados de camisa azul e calção branco. O árbitro escolhido foi Guilherme de Figueiredo.

O primeiro tempo terminou empatado sem gols. No segundo, o time ginasiano saiu na frente com um gol do aluno Alfredo Schlemm. Descrições como o tempo do gol ou o local do chute - ou terá sido de cabeça? - seria exigir demais do estreante jornalismo esportivo da época. Fernando Garrocho, fez dois a zero. Os visitantes diminuíram com um gol marcado por Manoel Marques, o Neco.

FICHA TÉCNICA

GINÁSIO 2 X 1 COMBINADO DE ADVOGADOS


Data: 14/8/1910 - Local: Campo do Manejo (Florianópolis – SC)
Árbitro: Guilherme de Figueiredo
Gols: Alfredo Schlemm, Fernando Garrocho (GSC) e Manoel Marques (CA), no 2° tempo

GINÁSIO SANTA CATARINA - Roberto Moritz; Alberto Glaser e João Cunha; Garibaldino do Amaral, Lauro Ramos e Miguel Oliveira; Fernando Garrocho, Hortêncio Goulart, Alfredo Schlemm, Pedro Alcântara e Ricardo Garcia.

COMBINADO DE ADVOGADOS - Osvaldo Figueiredo; Romeu de Miranda e Ary Campos; Osmindo Lisboa, Licínio Borralho e Fausto Carvalho; Zenon Leite, Joaquim Figueiredo, Manoel Marques, Ticho Fernandes e Otacílio Câmara.


Publicado no www.campeoesdofutebol.com.br com autorização do autor, (*) Adalberto Klüser, historiador do futebol de Santa Catarina.
Fonte: kluser.zip.net - Página adicionada em 21 de setembro de 2010 - atualizada em 20/Outubro/2016.

 

Livros Digitais Campeões do Futebol