AceOdds últimos códigos promocionais de apostas

HISTÓRIA DO FUTEBOL EM PORTUGAL


Federação Portuguesa de FutebolLiga de PortugalUNIÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL
Fundada em 31 de março de 1914, que por denominação do congresso, passou a se chamar:
FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL
Fundada em 28 de maio de 1926
Endereço: Rua Alexandre Herculano, N° 58 - 1250-012 - Lisboa

LIGA PORTUGUESA DE CLUBES DE FUTEBOL PROFISSIONAL
Fundada em 3 de fevereiro de 1978

Websites: Federação » www.fpf.pt; Liga » www.ligaportugal.pt


História 1ª Divisão Artilheiros 1ª Div. 2ª Divisão Taça Portugal Taça da Liga Supertaça Outras Competições Arquivo   + NACIONAIS

 

Primeiros Jogos

O primeiro jogo de futebol realizado em Portugal foi disputado em Cascais, em Outubro de 1888, organizado pelos irmãos Pinto Basto, Eduardo, Frederico e Guilherme, pois este último já em 1884 trouxera para Portugal a primeira bola de futebol, como recordação de estudante e praticante desportivo em Inglaterra.

Cinco anos depois disputou-se novo jogo entre uma seleção dos grupos que se exibiram em Cascais e uma equipe formada por ingleses. E escolheu-se um terreno em Lisboa, para que a divulgação do jogo pudesse chegar ao povo. Num terreno situado no Campo Pequeno, onde depois foi construída a praça de toiros, marcaram-se linhas e puseram-se balizas. E fez-se o desafio. E a seguir, muitos desafios — porque dia a dia o futebol captava adeptos. Todos os jovens queriam experimentar a sensação de dar um pontapé numa bola. E assim começaram a surgir grupos e mais tarde clubes.

Os primeiros clubes

O primeiro foi o Club Lisbonense, que teve origem no Colégio Lisbonense mais conhecido por Vilar e que foi fundado no Inverno de 1889. A seguir surgiu o Real Ginásio Club Português, já fundado em 1875, que também aderiu a este novo esporte. O Carcavelos Club, constituído por trabalhadores ingleses do Cabo Submarino, era o mais forte e temido.

Outros foram surgindo e desaparecendo, mas foram os grupos escolares que deram grande impulso à divulgação deste jogo: Colégio Vilar, Escola Nacional e sobretudo a Casa Pia, que viu nascer centenas de jogadores e alguns dos melhores que o futebol português registou.

No Norte de Portugal também o futebol estendeu as suas raízes, através da colônia inglesa e do Oporto Cricket and Lawn-Tennis Club. O entusiasmo gerado por este novo jogo levou a que, em 1894, se tenha disputado o I Porto-Lisboa com o alto patrocínio do Rei D. Carlos I.

A organização clubista seria a raiz do desporto português e começou com o futebol. O agrupamento de entusiastas fez-se aqui e além, criando-se núcleos (clubes) cujo despique impulsionava o futebol. E foi por vontade dos clubes que nasceu a Liga de Football Association (1905), a primeira entidade orientadora do futebol em Portugal. Mas a Liga teve vida efémera. Dela se seguiria a Liga Portuguesa de Football, fundada em 17 de Setembro de 1908, com o propósito inovador de atuar em todo o território nacional. A falta de organismos que coordenassem o futebol a nível regional, o exacerbado clubismo e a falta de regulamentação da competição viriam, no entanto, a ditar a extinção da Liga dois anos após a sua fundação.

Fundada a primeira Associação

Em 23 de Setembro de 1910 é fundada a Associação de Futebol de Lisboa, que seria a pioneira das 22 agora existentes. O Campeonato de Lisboa foi, durante muitos anos, o principal torneio português porque reuniu os melhores jogadores e clubes como Benfica, Sporting, Belenenses e Carcavelinhos. Com o crescimento dofutebol nas duas principais cidades e também no Algarve, no Minho, na Madeira e em tantas outras localidades, mais se acentuava a necessidade de criação de um organismo que coordenasse a atividade em todo o País. Assim, e por iniciativa das três Associações existentes (Lisboa, fundada em 1910, Portalegre, em 1911, e Porto, em 1912), é fundada em 31 de Março de 1914 a União Portuguesa de Futebol.

Devido à eclosão da I Grande Guerra Mundial (1914-18) com militares portugueses nela envolvidos, este organismo limitou-se praticamente a dar autorização aos jogos entre clubes portugueses e estrangeiros, a realizar jogos entre seleções de Lisboa e do Porto e a oficializar a inscrição de Portugal na FIFA.

Finalmente a Federação

Só mais tarde, por deliberação do Congresso de 28 de Maio de 1926, a União passou a denominar-se Federação Portuguesa de Futebol, que chamou a si a organização das principais competições: Campeonato de Portugal (1922-38, competição em sistema de eliminatórias para se definir o campeão nacional), Campeonato da I Liga (1934-38, competição no sistema de todos contra todos, para estudar a viabilidade dum campeonato nacional), Campeonato da II Liga (1934-38, competição semelhante à anterior mas aberta aos clubes de todas as associações), Campeonato Nacional da I Divisão (desde 1938, depois duma reestruturação das competições federativas), Campeonato Nacional da II Divisão (de 1938 a 1990, semelhante à I Divisão mas dividido por grupos geográficos), Campeonato Nacional da III Divisão (desde 1947), Supertaça Cândido de Oliveira (desde 1980, disputada entre o campeão nacional e o vencedor da Taça de Portugal) e Campeonato Nacional da II Divisão de Honra (desde 1990).

Em 3 de Fevereiro de 1978, como associação de âmbito exclusivamente patronal, nasceu a Liga Portuguesa de Clubes de Futebol Profissional que atualmente gerencia o futebol. Os Estatutos da Liga são oficializados no 5.° Cartório Notarial do Porto, com a presença dos representantes do Futebol Clube do Porto, Clube Oriental de Lisboa, Varzim Sport Clube, Boavista Futebol Clube, Grupo Desportivo de Riopele, Vitória Sport Clube (Guimarães), Sport Clube Beira-Mar, Sporting Clube de Braga, Leixões Sport Clube, Sporting Clube de Espinho, Gil Vicente Futebol Clube, Clube Académico de Coimbra e um representante nomeado por Atlético Clube de Portugal, Vitória Futebol Clube (Setúbal), Juventude Sport Clube, Sporting Clube de Portugal e Grupo Desportivo Estoril Praia. João Aranha assume a responsabilidade de dirigir a Liga.

Competições

As competições envolvendo clubes da segunda e terceira divisões foram passando por reformulação através dos anos. Uma verdadeira bagunça, confusão, para os amantes de história e estatísticas. Nas páginas dos campeões das referidas divisões adicionamos detalhes sobre estas modificações.


Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva
Fontes: Jornal A Bola, de Portugal; Federação Portuguesa de Futebol; Liga Portuguesa de Clubes de Futebol Profissional; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada em Setembro/2007; atualizada em 25/Março/2021.