HISTÓRIA DO FUTEBOL EM PORTUGAL


Federação Portuguesa de FutebolLiga de PortugalUNIÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL
Fundada em 31 de março de 1914, que por denominação do congresso, passou a se chamar:
FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL
Fundada em 28 de maio de 1926
Endereço: Rua Alexandre Herculano, N° 58 - 1250-012 - Lisboa

LIGA PORTUGUESA DE CLUBES DE FUTEBOL PROFISSIONAL
Fundada em 3 de fevereiro de 1978

Websites: Federação » www.fpf.pt; Liga » www.ligaportugal.pt


História 1ª Divisão Artilheiros 1ª Div. 2ª Divisão Taça Portugal Taça da Liga Supertaça Outras Competições Arquivo   + NACIONAIS

 

Primeiros Jogos

O primeiro jogo de futebol realizado em Portugal foi disputado em Cascais, em Outubro de 1888, organizado pelos irmãos Pinto Basto, Eduardo, Frederico e Guilherme, pois este último já em 1884 trouxera para Portugal a primeira bola de futebol, como recordação de estudante e praticante desportivo em Inglaterra.

Cinco anos depois disputou-se novo jogo entre uma seleção dos grupos que se exibiram em Cascais e uma equipe formada por ingleses. E escolheu-se um terreno em Lisboa, para que a divulgação do jogo pudesse chegar ao povo. Num terreno situado no Campo Pequeno, onde depois foi construída a praça de toiros, marcaram-se linhas e puseram-se balizas. E fez-se o desafio. E a seguir, muitos desafios — porque dia a dia o futebol captava adeptos. Todos os jovens queriam experimentar a sensação de dar um pontapé numa bola. E assim começaram a surgir grupos e mais tarde clubes.

Os primeiros clubes

O primeiro foi o Club Lisbonense, que teve origem no Colégio Lisbonense mais conhecido por Vilar e que foi fundado no Inverno de 1889. A seguir surgiu o Real Ginásio Club Português, já fundado em 1875, que também aderiu a este novo esporte. O Carcavelos Club, constituído por trabalhadores ingleses do Cabo Submarino, era o mais forte e temido.

Outros foram surgindo e desaparecendo, mas foram os grupos escolares que deram grande impulso à divulgação deste jogo: Colégio Vilar, Escola Nacional e sobretudo a Casa Pia, que viu nascer centenas de jogadores e alguns dos melhores que o futebol português registou.

No Norte de Portugal também o futebol estendeu as suas raízes, através da colônia inglesa e do Oporto Cricket and Lawn-Tennis Club. O entusiasmo gerado por este novo jogo levou a que, em 1894, se tenha disputado o I Porto-Lisboa com o alto patrocínio do Rei D. Carlos I.

A organização clubista seria a raiz do desporto português e começou com o futebol. O agrupamento de entusiastas fez-se aqui e além, criando-se núcleos (clubes) cujo despique impulsionava o futebol. E foi por vontade dos clubes que nasceu a Liga de Football Association (1905), a primeira entidade orientadora do futebol em Portugal. Mas a Liga teve vida efémera. Dela se seguiria a Liga Portuguesa de Football, fundada em 17 de Setembro de 1908, com o propósito inovador de atuar em todo o território nacional. A falta de organismos que coordenassem o futebol a nível regional, o exacerbado clubismo e a falta de regulamentação da competição viriam, no entanto, a ditar a extinção da Liga dois anos após a sua fundação.

Fundada a primeira Associação

Em 23 de Setembro de 1910 é fundada a Associação de Futebol de Lisboa, que seria a pioneira das 22 agora existentes. O Campeonato de Lisboa foi, durante muitos anos, o principal torneio português porque reuniu os melhores jogadores e clubes como Benfica, Sporting, Belenenses e Carcavelinhos. Com o crescimento dofutebol nas duas principais cidades e também no Algarve, no Minho, na Madeira e em tantas outras localidades, mais se acentuava a necessidade de criação de um organismo que coordenasse a atividade em todo o País. Assim, e por iniciativa das três Associações existentes (Lisboa, fundada em 1910, Portalegre, em 1911, e Porto, em 1912), é fundada em 31 de Março de 1914 a União Portuguesa de Futebol.

Devido à eclosão da I Grande Guerra Mundial (1914-18) com militares portugueses nela envolvidos, este organismo limitou-se praticamente a dar autorização aos jogos entre clubes portugueses e estrangeiros, a realizar jogos entre seleções de Lisboa e do Porto e a oficializar a inscrição de Portugal na FIFA.

Finalmente a Federação

Só mais tarde, por deliberação do Congresso de 28 de Maio de 1926, a União passou a denominar-se Federação Portuguesa de Futebol, que chamou a si a organização das principais competições: Campeonato de Portugal (1922-38, competição em sistema de eliminatórias para se definir o campeão nacional), Campeonato da I Liga (1934-38, competição no sistema de todos contra todos, para estudar a viabilidade dum campeonato nacional), Campeonato da II Liga (1934-38, competição semelhante à anterior mas aberta aos clubes de todas as associações), Campeonato Nacional da I Divisão (desde 1938, depois duma reestruturação das competições federativas), Campeonato Nacional da II Divisão (de 1938 a 1990, semelhante à I Divisão mas dividido por grupos geográficos), Campeonato Nacional da III Divisão (desde 1947), Supertaça Cândido de Oliveira (desde 1980, disputada entre o campeão nacional e o vencedor da Taça de Portugal) e Campeonato Nacional da II Divisão de Honra (desde 1990).

Em 3 de Fevereiro de 1978, como associação de âmbito exclusivamente patronal, nasceu a Liga Portuguesa de Clubes de Futebol Profissional que atualmente gerencia o futebol. Os Estatutos da Liga são oficializados no 5.° Cartório Notarial do Porto, com a presença dos representantes do Futebol Clube do Porto, Clube Oriental de Lisboa, Varzim Sport Clube, Boavista Futebol Clube, Grupo Desportivo de Riopele, Vitória Sport Clube (Guimarães), Sport Clube Beira-Mar, Sporting Clube de Braga, Leixões Sport Clube, Sporting Clube de Espinho, Gil Vicente Futebol Clube, Clube Académico de Coimbra e um representante nomeado por Atlético Clube de Portugal, Vitória Futebol Clube (Setúbal), Juventude Sport Clube, Sporting Clube de Portugal e Grupo Desportivo Estoril Praia. João Aranha assume a responsabilidade de dirigir a Liga.

Competições

As competições envolvendo clubes da segunda e terceira divisões foram passando por reformulação através dos anos. Uma verdadeira bagunça, confusão, para os amantes de história e estatísticas. Nas páginas dos campeões das referidas divisões adicionamos detalhes sobre estas modificações.


Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva
Fontes: Jornal A Bola, de Portugal; Federação Portuguesa de Futebol; Liga Portuguesa de Clubes de Futebol Profissional; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada em Setembro/2007; atualizada em 25/Março/2021.