Grêmio FBPA
Grêmio
28 Títulos
SC Internacional
Internacional
23 Títulos
EC Cruzeiro
EC Cruzeiro
03 Títulos
GE Renner
GE Renner
02 Títulos
Ano Campeão Vice
1972 FGF Internacional Grêmio
1965 FRGF Grêmio EC São José
1964 FRGF Grêmio Internacional
1960 FRGF Grêmio Internacional
1959 FRGF Grêmio Aimoré
1958 FRGF Grêmio Internacional
1957 FRGF Grêmio Internacional
1956 FRGF Grêmio Renner
1955 FRGF Internacional Grêmio
1954 FRGF Renner Internacional
1953 FRGF Internacional Grêmio e Renner
1952 FRGF Internacional Renner
1951 FRGF Internacional Grêmio
1950 FRGF Internacional Grêmio
1949 FRGF Grêmio Internacional
1948 FRGF Internacional EC São José, Grêmio e Corinthians
1947 FRGF Internacional Cruzeiro
1946 FRGF Grêmio Internacional
1945 FRGF Internacional Cruzeiro
1944 FRGF Internacional Grêmio
1943 FRGF Internacional Grêmio
1942 FRGF Internacional Cruzeiro
1941 FRGF Internacional G.E. Força e Luz
1940 FRGF Internacional Grêmio
1939 AMGEA Grêmio Internacional
1938 AMGEA-E
1938 AMGEA
Grêmio
Renner
Internacional
Novo Hamburgo
1937 AMGEA-E
1937 AMGEA
Grêmio
Novo Hamburgo
São José
SC Americano
1936 AMGEA Internacional Grêmio
1935 AMGEA Grêmio Internacional
1934 AMGEA
1934 APAF
Internacional
Ypiranga
Cruzeiro
Municipal
1933 AMGEA
1933 APAF
Grêmio
Carioca
Internacional
Ypiranga
1932 AMGEA Grêmio Internacional
1931 AMGEA Grêmio Internacional
1930 AMGEA
1930 APAD
Grêmio
Não concluído
Cruzeiro
--
1929 AMGEA
1929 APAD
SC Americano
Cruzeiro
Grêmio
São José
1928 APAD SC Americano Grêmio
1927 APAD
1927 AGEA
Internacional
Ruy Barbosa
SC Americano
Vencedor
1926 APAD
1926 APAF
Grêmio
Tiradentes
Internacional
Ruy Barbosa
1925 APAD
1925 APAF
Grêmio
Tiradentes
Internacional
Ypiranga
1924 APAD SC Americano Cruzeiro
1923 APAD
1923 APAF e APAD
Porto Alegre
Grêmio
Internacional
Municipal
1922 APAD
1922 APAF
Internacional
Grêmio
Cruzeiro
Ruy Barbosa
1921 APAD
1921 APAF
Cruzeiro
Grêmio
Porto Alegre
Ruy Barbosa
1920 APAD
1920 FPAF
Grêmio
Ruy Barbosa
Internacional
Municipal
1919 APAD
1919 FPAF
Grêmio
Ruy Barbosa
Internacional
Municipal
1918 APAD
1918 FPAF
Cruzeiro
Ruy Barbosa
Internacional
SC Americano
1917 FSRG Internacional Cruzeiro
1916 FSRG Internacional Grêmio
1915 LPAF
1915 AFPA
Internacional
Grêmio
Colombo
Porto Alegre
1914 LPAF
1914 AFPA
Internacional
Grêmio
Colombo
Porto Alegre
1913 LPAF Internacional Colombo
1912 LPAF Grêmio Internacional
1911 LPAF Grêmio Internacional
1910 LPAF Militar FC Grêmio

Observações
Os dados são basicamente os publicados no livro “História do campeonato citadino de Porto Alegre: 1910-1972”, de Douglas Rambor José Luis Tavares Maciel e Julio Bovi Diogo.
Nesse livro não constam: o Wanderpreis (disputado entre o Fussball Club Porto Alegre e o Grêmio, de 1904 a 1912), o título do Grêmio de 1913 nem os campeonatos da Divisão Especial, de 1953 a 1960.
Segundo a Gremiopédia, em 1913, Grêmio e Fussball Club Porto Alegre desistiram do campeonato da LPAF e disputaram duas partidas que a AFPA, fundada no ano seguinte, reconheceria retroativamente como título citadino. Abstraindo a contestação pela RSSSF e a falta de confirmação por outras fontes, a disputa por apenas dois times (assim como no Wanderpreis) não caracteriza um campeonato.
Os dados de 1918 a 1948 foram confirmados do Livro "Relatório da Federação Rio Grandense de Futebol", datado de 1948, da atual Federação Gaúcha de Futebol, com a seguinte nota: "Nos anos de 1920-1921 e 1922 figuram dois campeões em vista de existirem duas ligas na Capital.
Neste mesmo relatório não é citado o título do Fussball Club Porto Alegre de 1923 e o título do Renner em 1938; também não é citado a conquista do Fussball Club Porto Alegre, em 1923, e Americano, em 1924 - o que consta é "não foi disputado". Os anos do campeonato amador em 1937, 1938 e 1939 também não são citados.
Em 1923, os campeonatos da APAD e da APAF estavam em andamento quando a APAD incorporou a APAF e decidiu que eles continuariam como Taça Rio Branco (que começou na APAD) e Taça Ruy Barbosa (que começou na APAF). Não houve uma decisão entre os campeões de ambas.
Em 1937, a AMGEA sofreu uma cisão em decorrência do profissionalismo e seu campeonato unificado foi interrompido. Os clubes se dividiram em duas entidades com o mesmo nome: os amadores na AMGEA (filiada à CBD) e os profissionais na AMGEA Especializada (filiada à FBF).
De 1953 a 1960, o campeonato citadino contou com times de outras cidades e denominou-se Divisão Especial. Os resultados dos campeonatos de 1953 a 1957 foram extraídos do Almanaque Esportivo do Rio Grande do Sul. Os de 1958 a 1960, da RSSSF. Em 1961, o campeonato estadual foi unificado, deixando de ser disputado em chaves regionais.
Há algumas menções a um título citadino do Internacional em 1961 e do Grêmio em 1963, carentes de confirmação.

Siglas das entidades organizadoras:
AFPA – Associação de Football Porto Alegrense
AGEA – Associação Gaúcha Esportiva de Amadores
AMGEA – Associação Metropolitana Gaúcha de Esportes Athleticos (amador)
AMGEA-E – Associação Metropolitana Gaúcha de Esportes Athleticos Especializada (profissional)
APAD – Associação Porto Alegrense de Desportos
APAF – Associação Porto Alegrense de Football
FGF – Federação Gaúcha de Futebol
FPAF – Federação Porto Alegrense de Football
FRGF – Federação Rio Grandense de Futebol
FSRG – Federação Sportiva Rio Grandense
LPAF – Liga Porto Alegrense de Football

Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva e Laércio Becker.
Fontes: “História do campeonato citadino de Porto Alegre: 1910-1972”, de Douglas Rambor José Luis Tavares Maciel e Julio Bovi Diogo; Relatório da Federação "Rio Grandense" do ano de 1948; Esporte Ilustrado, de 26 de fevereiro de 1942; Almanaque Esportivo do Rio Grande do Sul dos anos 1944, 1945, 1947, 1948, 1954, 1955, 1956, 1957 e 1958; RSSSF e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada em junho/2007; atualizada e revisada em 27/Agosto/2021.