Inter decepciona de novo e perde em casa para a LDU



História do Internacional Recopa Sulamericana   + Artigos / Noticias


Colorado dá um passo atrás em busca do título da Recopa

O Internacional vai de mal a pior. Depois de um início de ano arrasador, o Colorado ficou distante do título da Copa do Brasil e, na noite desta quinta-feira, deu um passo atrás na busca do título da Recopa Sul-Americana. Mesmo com a força da torcida no Beira-Rio, perdeu por 1 a 0 para a LDU, campeã da Libertadores, gol de Vera. Já são seis jogos sem vencer.

O time da casa começou a partida sufocando o adversário. Marcava desde o campo ofensivo e a LDU, lenta, não conseguia encaixar os contra-ataques para os quais se posicionou em campo. O Colorado, entretanto, não conseguia chegar ao gol adversário. Tudo por conta do 3-6-1 escalado por Jorge Fossati, que congestionou o meio de campo. Além disso, o Inter insistia nas bolas longas ou em jogadas individuais, e esbarrava numa retranca muito forte.

A LDU respondeu logo em seguida. Depois de escanteio cobrado por Andrezinho, a bola bateu na mão de Vera, na área do time equatoriano. O árbitro não marcou a penalidade e, no único contra-ataque dos visitantes no primeiro tempo, Bieler chutou bem, obrigado Lauro a fazer bela intervenção. A primeira etapa acabou com mais violência que lances de perigo, muito influenciada pela péssima atuação do juiz Juan Soto.

As equipes voltaram sem mudanças para a segunda etapa. O jogo, da mesma forma, seguia arrastado, sem ninguém arriscar, o que fez permanecer a monotonia no campo do Beira-Rio. O que mudou durante o intervalo foi a atitude do árbitro: Juan Soto distribuiu dois cartões amarelos em um minuto, o que segurou o ímpeto dos jogadores nas entradas mais fortes.

Aos 11 a LDU achou um gol, para desespero da torcida colorada. Lara entortou a defesa gaúcha pela esquerda e tocou para trás. Bieler bateu forte, Lauro defendeu mas a bola voltou nos pés do atacante da LDU que marcou: 1 a 0.

Daí para o fim da partida, o que se viu foi um Internacional que mal chegava à frente, esbarrando numa equipe bem postada e, quando necessário, até violenta - respaldada pelo árbitro, que voltou a se omitir. Aos 23, D'Alessandro, de falta, foi quem mais assustou o time equatoriano. Bolívar, em lance lamentável, agrediu um adversário e foi expulso justamente, prejudicando o time vermelho. Danilo Silva, que entrou no fim, ainda tentou aos 38, mas foi só no Beira-Rio.

INTERNACIONAL 0 X 1 LDU
Estádio: Beira-Rio (Porto Alegre, RS), Data-hora: 25/06/2009 – 21,50h
Árbitro: Juan Soto (VEN); Auxiliares: Rafael Yánez e Gerardo Quintero (VEN)
Renda e público: R$ 644,630/ 30.284
Cartões amarelos: De La Cruz (LDU), 8'/1ºT; Andrezinho (INT), 37'/1ºT; Campos (LDU) 41'/1ºT; Índio (INT), 44'/1ºT; Guiñazú (INT), 4'/2ºT; Calle (LDU), 5'/2ºT; Reasco (LDU), 36'/2ºT;
Cartões vermelhos: Bolívar (INT), 26'/2ºT;
Gol: Bieler, 11'/2ºT;

INTERNACIONAL: Lauro; Bolívar, Índio, Danny Morais e Marcelo Cordeiro; Sandro (Danilo Silva), Guiñazú, Andrezinho (Giuliano) e D’Alessandro; Taison e Alecsandro (Leandrão). Técnico: Tite.

LDU: Dominguez; Campos, Norberto Araujo e Calle; Reasco, De la Cruz, Urrutia, Vera, Lara (Graf) e Ambrossi; Bieler (Larrea). Técnico: Jorge Fossatti.


Sidney Barbosa da SilvaPor Sidney Barbosa da Silva.
Página adicionada em Sexta-feira, 26/Junho/2009.

 

Shopping Campeões do Futebol

Ir ao Topo