CSA
CSA

02 Títulos
Sete de Setembro
Sete de Setembro
02 Títulos
Penedense
Penedense
02 Títulos
Corinthians Alagoano
Corinthians
02 Títulos
Coruripe
Coruripe

01 Título
Capelense
Capelense
01 Título
Ano Campeão Vice
2020 Desportivo Aliança FF Sports FC
2019 CSE (Palmeira dos Indios) Zumbi (União dos Palmares)
2018 Jacyobá AC (Pão de Açucar) SS Sete de Setembro
2017 Dimensão Saúde Zumbi
2016 CEO (Olho D'Água das Flores) CE Miguelense (São Miguel dos Campos)
2015 SS Sete de Setembro (Maceió) SC Penedense (Penedo)
2014 Ipanema AC (Santana do Ipanema) Sport C Santo Antônio (Atalaia)
2013 Santa Rita (Boca da Mata) Coruripe (Coruripe)
2012 Comercial (Viçosa) União (União dos Palmares)
2011 CEO (Olho D'Água das Flores) SC Penedense (Penedo)
2010 CSA Sport C Santo Antônio (Atalaia)
2009 (*) União (União dos Palmares)
e Santa Rita (Boca da Mata)
-
2008 SC Capelense (Capela) CSE
2007 Santa Rita (Boca da Mata) Universal FC
2006 Igaci FC (Igaci) Universal FC
2005 CSA (Maceió) Ipanema AC
2004 Penedense (Penedo) Dimensão Saúde
2003 Coruripe (Coruripe) Sete de Setembro
2002 CSE (Palmeira dos Índios) Sete de Setembro
2001 Bom Jesus (Matriz de Camaragipe) Igaci FC
2000 Penedense (Penedo) CS Internacional
1999 não houve disputa --
1998 Murici FC (Murici) --
1997 Corinthians (Maceió) --
1996 São Sebastião (Porto Calvo) --
1995 Corinthians (Maceió) --
1994 SS Sete de Setembro (Maceió) Batalhense
1993 CE Linense (Novo Lino) Bom Jesus
1992 Santa Cruz (Penedo) --
1991 Capela EC (Capela) Jaciobá AC
1990 SC Bom Jesus (Matriz do Camaragibe) --
1989 Ipanema AC --
1944/1988 não houve disputa --
1943 Olavo Bilac (Maceió) Ipiranga
1942 Comércio (Maceió) --

(*) A Federação Alagoana de Futebol (FAF) decidiu acabar com o impasse sobre o campeão do alagoano da 2ª Divisão de 2009. Por meio de um ato administrativo, o presidente da FAF, Gustavo Feijó, decretou que o título ficará com os dois times que disputaram a decisão, no caso o Santa Rita, de Boca da Mata, e o União Futebol Clube, de União dos Palmares.

O caso chegou a ir parar no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-AL), em dois julgamentos, depois do jogo inacabado da partida final, em Boca da Mata, que teve cinco expulsões e acusação de simulação, o famoso “cai, cai” de jogadores do União. Mas o TJD não teve competência para decidir o campeão, embora tenha aplicado algumas pequenas punições a jogadores, técnicos e dirigentes.

Na explicação dos auditores e do secretário do TJD à Gazeta, recentemente, caberia à FAF a indicação do campeão, “obedecendo a critérios técnicos estabelecidos para a competição”.

A assessoria de comunicação da FAF informou que as taças aos dois campeões deverão ser entregues nos primeiros jogos das equipes em seus respectivos campos, durante o Campeonato Alagoano da 1ª Divisão. Fonte: Gazeta de Alagoas

Obs.: O Centro Sportivo Olhodaguense é conhecido como CEO.


Pesquisas realizadas por Sandro Vieira Feitosa; e Carlos Santos; colaboração de Paulo Silva.
Fontes: Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br; globoesporte.globo.com/al/noticia/2013/10; http://tnh1.ne10.uol.com.br/noticia; www.capelense.com.br; trezegalo.xpg.uol.com.br.
Página adicionada em 13 de janeiro de 2009 - atualizada em 20/Dezembro/2020.