Arquivo
  Especiais
  + Futebol
America América Football Club
Fundado em 18 de setembro de 1904
Endereço: Rua Campos Salles, 118
Bairro Tijuca - Rio de Janeiro/RJ
Estádio Giulite Coutinho, na cidade de Mesquita/RJ
Site: www.americario.com.br
 História  |  Títulos  |  Hinos  |  Copa dos Campeões  |  Diversos         + CLUBES
História do América (1904 a 1920)
 História » 1904 a 1920  |  1921 a 1950  |  1951 a 1980  |  1981 a Momento Atual
1904
A 18 de setembro de 1904, Alberto Koltzbucher, Alfredo Guilherme Koehler, Alfredo Mohrsted, Gustavo Bruno Mohrsted, Henrique Mohrsted, Jayme Faria Machado e Oswaldo Mohrsted fundaram o América Football Club sob o lema: "Nunca abandonar o América, mesmo nas maiores crises".

A reunião aconteceu na residência de Alfredo Mohrstedt, no número 83 da Rua Praia Formosa, que se chama, hoje, Rua Pedro Alves, no Cais do Porto.

São considerados sócios fundadores, os americanos admitidos até 28 de fevereiro de 1905, nos termos da Resolução de 25 de setembro de 1904: Aécio Jiquiribá, Alberto Gustavo Hagstroem, Alcino Luiz Brandão, Alexandre I. D. Fontenelle, Augusto Rzha, Ernesto Dietrich, Frederico Lipe da Cruz, Guilherme Friendenberg, Henry Barthels, Henrique Schornbaum, Herman Friendenberg, A . Waldemar Hagstroem, Joaquim Barbosa, José Santiago da Silva, Max Mohrstedt, Romeo Maina, Xavier Berard.
 
Belfort Duarte1905
O América, juntamente com Bangu, Botafogo, Esporte Clube Petrópolis, Fluminense e Futebol Atlético Clube fundou a Liga de Football do Rio de Janeiro, a primeira federação do futebol carioca, para a qual ainda foram convidados o Payssandu e o Rio Cricket.

Amilcar Teixeira Pinto, que iria tornar-se o primeiro capitão do América e organizador do primeiro time de futebol, ingressou no clube. Acontece a primeira partida oficial, e foi contra o Bangu. Resultado: América 1x6 Bangu.

1906
A Liga aceitou proposta do América para adoção de dois auxiliares (à época chamados juízes de gol) para acompanharem o referee (árbitro). Estréia na segunda divisão contra o Riachuelo, terminando a competição como vice-campeão.

1907
O América deixou a Liga, depois de Bangu e Rio Cricket. A Liga foi dissolvida por não haver acordo sobre qual equipe deveria ser considerada campeã. Botafogo e Fluminense reclamavam o título (que só foi decidido na Justiça Desportiva em 1996-97, que decretou os dois campeões). João Evangelista Belfort Duarte, um dos maiores nomes do futebol brasileiro, entrou no América.
 
1908
América, Botafogo, Fluminense, Paissandu e Rio Cricket fundaram nova federação, a Liga Metropolitana de Sports Athleticos. O uniforme passou a ser vermelho, por inspiração da cor das camisas do Mackenzie College de São Paulo e com as inicias AFC. O círculo que contorna as letras foi adotado em 1913. A proposta foi de Belfort Duarte.
 
1909
O Barão do Rio Branco, ministro das Relações Exteriores, tornou-se Presidente de Honra do Clube. Em jogo contra o Botafogo, Belfort Duarte introduziu uma novidade utilizada por clubes de todo o planeta até hoje: a saudação à torcida e ao adversário. Foi disputada a primeira partida interestadual contra o Sport Club Internacional de São Paulo. Resultado: 1x3 para o adversário.
 
1910
Na falta de um estádio próprio, o América disputava suas partidas nas Laranjeiras. Vitória incontestável do América por 4x1 sobre o Botafogo, que viria a ser o campeão do ano, com esta única derrota.
 
1911
Fusão com o Haddock Lobo, passando a a disputar suas partidas na Rua Campos Sales, 118. A habilidade de Luiz Carneiro de Mendonça e a visão de Belfort Duarte foram fundamentais para que o nome e as cores do América tivessem sido mantidos. Ainda em 1911, o Botafogo abandonou a liga depois de ser aplicada punição aos seus jogadores, que agrediram os dos América. O primeiro jogo oficial em Campos Sales teve vitória do América: 3 a 1 no Rio Cricket. O América foi o primeiro clube carioca a jogar em Belo Horizonte. Venceu o Yale por 1 a 0.
 
1912
Inovação: a partir deste ano, os goleiros passaram a usar camisa de cor diferente dos demais jogadores. Fernando Ojeda ingressou no América e, Alfredo Guilherme Koehler, sócio número 01 do clube, introduziu o basquetebol.
 
1913
O América inaugurou o campo do Andaraí, clube que seria incorporado ao América 50 anos mais tarde. Resultado: América 6x1 Andaraí. Mais uma inovação: a diretoria do América instituiu um cordão de isolamento para separar as torcidas e evitar os desentedimentos.

A seleção do Chile visitou o Brasil à convite do América. Primeiro jogo internacional contra a seleção chilena, em comemoração ao aniversário do América e à independência do Chile. Resultado: 3x2 para a seleção do Chile. Neste ano veio o primeiro título de Campeão Estadual conquistado ao vencer o São Cristóvão por 1x0.
 
1914
A torcida americana criou a alcunha "pó de arroz", aplicada até hoje aos tricolores, porque Carlos Alberto Fonseca Neto - que era mulato e jogou no América - entrou em campo disfarçando a cor da sua pele. Por coincidência, a data era a mesma em que se comemora a abolição da escravatura, 13 de maio.

Foi criada a Federação Brasileira de Sports, precursora da CBD. O americano Álvaro Zamith foi o primeiro presidente.

O América inaugurou o estádio do Americano de Campos, que tem seu nome inspirado no América. Resultado: América 3x1. Neste mesmo ano se tornou o primeiro clube carioca a disputar uma partida noturna.
 
1915
Última partida de Belfort Duarte com a camisa do América. Sua dedicação continuou fora dos gramados. O América inaugurou arquibancadas no Andaraí e em São Cristóvão e, ainda faria uma excursão (onde sairia invicto) a Pernambuco contra os times locais, com 4 partidas e 4 vitórias.
 
1916
Em comemoração ao aniversário, o América estreiou suas camisas brancas contra o Mackenzie College, com o uniforme vermelho que inspirou a adoção das cores do clube. Resultado: 2x2.

O América participou da primeira partida com placar anotando os gols marcados durante o jogo. Resultado: América 2x1 Flamengo.

Segundo título de Campeão Estadual, novamente conquistado em vitória sobre o São Cristóvão por 1x0. Fato curioso foi que o América sofreu uma única derrota contra o Andaraí, no campo do adversário, em que o árbitro não compareceu e um torcedor local foi convocado para apitar a partida, em prejuízo do América que não teve faltas e pênaltis marcados.
 
1917
No ano em que se tornou pessoa jurídica, o clube adotou novos esportes: o futebol de mesa, o pingue-pongue e o voleibol. No jogo contra o Dublin do Uruguai, o goleiro do América, Joaquim Martins Ferreira, foi apelidado de El Coloso.
 
1918
América patrocinou o reatamento de relações entre Botafogo e Flamengo. Com a inauguração das quadras, o Tênis passou a ser a mais nova modalidade praticada. A Associação dos Cronistas desportivos criou um concurso de palpites para as partidas, denominado Taça América. Morreu, prematuramente aos 35 anos, João Evangelista Belfort Duarte.
 
1919
América tornou-se sócio honorário da Associação dos Cronistas Desportivos, depois venceu a seleção do Chile, que estava em preparação na disputa do Campeonato Sul Americano de seleções por 2x0. Ainda seria inauguradas novas arquibancadas em Campos Sales.Seria ainda campeão dos segundos times, vencendo o Fluminense por 6x1.
 
1920
Um ano em que o América obteve o vice-campeonato em todas as categorias de futebol, o segundo time venceu o primeiro time do Vasco por 5x1. Além do grande sucesso das festas dançantes na sede social neste ano, o América ainda participou de homenagem à visita do Rei da Bélgica.
 História » 1904 a 1920  |  1921 a 1950  |  1951 a 1980  |  1981 a Momento Atual
Fontes: Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br; www.america-rj.com.br, acessado em 09 de outubro de 2004.
Página adicionada em Novembro/2005; revisada em 23/Janeiro/2013.
Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva e Rafael de Paula da Silva
 História  |  Títulos  |  Hinos  |  Copa dos Campeões  |  Diversos         + CLUBES
Pesquisa personalizada
Primeiro Uniforme do América-RJ 1904
Primeiro uniforme do América, em 1904



Os Escudos

Primeiro distintivo do América-RJ 1904
Primeiro escudo 1904: branco sobre a camisa preta, com monograma AFC bordado a mão.



Segundo distintivo do América-RJ 1908
Segundo escudo (1908) com a adoção de uma nova camisa, surge um novo desenho das letras AFC, ainda em branco, formando um círculo.



Terceiro distintivo do América-RJ 1913
Terceiro escudo (1913) A partir deste ano um círculo é traçado em volta do escudo e lhe dá seu aspecto quase definitivo.



Distintivo do América-RJ 2006
Definitivo (2006)
Devido às inúmeras reproduções que o adulteraram ano após ano, um estudo é feito para padronizá-lo em definitivo.
Arquivo Campeões do Futebol - www.campeoesdofutebol.com.br - Desenvolvido e mantido por Sidney Barbosa da Silva - Desde 2005
* Permitido a reprodução de todo conteúdo desde que citada a fonte e o Autor/Pesquisador