AceOdds últimos códigos promocionais de apostas

Taça Brasil de Futebol Feminino (Extinta)

O Radar foi uma das maiores equipes do futebol feminino na história do Brasil. Atualmente é apenas uma academia no bairro de Copacabana, Rio de Janeiro.

Na disputa do título de 1983 muita confusão, como descreveu o Jornal do Brasil, de 04 de julho de 1983:

Time feminino do Radar ganha a Taça Brasil
Embora recém-regulamentado no Brasil, o futebol feminino já tem tudo que se vê no masculino. Ontem (Nota CF: domingo, dia 03), no famoso alçapão da Rua Bariri (como ficou conhecido o campo do Olaria), teve catimba, violência, agressão ao juiz, invasão de campo, palavrôes e mais ainda na decisão da Taça Brasil, vencida pelo Radar/Mondaine com uma goleada de 5 a 0 sobre o Goiás.

O pivô de tudo foi o juiz Jorge Emiliano, o popular Margarida do futebol de praia, que acabou expulsando todo o time do Goiás, quando ainda restavam 3 minutos para o encerramento da partida. Inconformadas com a "parcialidade" do juiz, acusado por elas de ser tambem "diretor do Radar", as jogadoras do Goias tentaram agredir Emiliano. Todo o banco de reservas goiano entrou em campo e o juiz encerrou o jogo, que havia apresentado também lances violentos.

O Radar, que conquistou o Troféu Otávio Pinto Guimarães (o Goias, vice, ficou com o Troféu Alvaro da Costa Melo) venceu com gols de Alice (2), artilheira do torneio, Naninha, Cenira e Tilane.

1984- A II Taça Brasil foi disputada pelos campeões do Rio de Janeiro - o Radar/BRJ, de Minas Gerais, o Atlético, de São Paulo, o São Paulo e do Rio Grande do Sul, o Internacional. (Fonte: Jornal do Brasil).

1987- DECISÃO - A V Taça Brasil de Futebol Feminino será disputada hoje em Brasilia entre o Radar, do Rio de Janeiro, e o Vila Dimas, de Brasilia. O Radar é tetracampeão brasileiro e pentacapeão carioca. Participaram da Taça Brasil de Futebol Feminino, este ano, oito clubes: O Saad, campeão de São Paulo; Vila Dimas, de Brasília, Internacional, de Porto Alegre; Goiás, Para e a Portugesa, vice-campeã do Rio de Janeiro. (JB de 29-11-1987).

1989- Com a vitória de 3 a 0 sobre a Sul-America, ontem de manhã (Nota CF: domingo, 15-01-1989) no Estadio Caio Martins, em Niterói, o Radar conquistou o hexacampeonato da Taça Brasil de futebol feminino. (Fonte: Jornal do Brasil)

Ano Campeão Res. Vice
1989 Radar (RJ) 3 x 0 Sul America (AM)
1988 -- -- --
1987 Radar (RJ) 4 x 3 Vila Dimas (DF)
1986 Radar (RJ) 6 x 0 Brasilia
1985 Radar (RJ) 3 x 0 Internacional (RS)
1984 Radar (RJ) 3 x 2 America (MG)
1983 Radar (RJ) 5 x 0 Goiás

Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva; Leonel Dutra Viana Lopes para as equipes campeãs; e de Rodrigo de Magalhães Oliveira, de Rio das Ostras/RJ, para as equipes vice-campeãs.
Fonte principal: Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br; Jornal do Brasil de 04-julho-1983 (Segunda-feira) sobre a final; e Jornal do Brasil de 10-janeiro-1984, que informou sobre os participantes da 2ª edição, em 1984. Jornal do Brasil, 16-01-1989 sobre a final Radar x Sul-America; Jornal do Brasil, de 29-11-1987.
Página adicionada 28 de julho de 2011 - atualizada em 12/Abril/2021.