Ultima conquista do Liverpool em 1989/90
Foto: Divulgação.

O Liverpool é o líder disparado do Campeonato Inglês, com 22 pontos de vantagem para o Manchester City, segundo colocado. Com uma campanha irrepreensível de 24 vitórias e 1 empate, a torcida já começa a se preparar para soltar um grito que está preso na garganta há 30 anos: o de campeão inglês.

A conquista nessa temporada parece ser iminente, já que a distância para o vice-líder é cada vez maior. "O futebol apresentado pelo Liverpool está em outro nível e a consistência nos resultados é a grande prova disso. Apenas uma catástrofe tira o título dos Reds. A confirmação do título deve vir com muitas rodadas de antecedência, o que também dará fôlego para o time brigar forte pelo bi da Champions League", diz Rodrigo Dias, editor-chefe do portal especializado sitesdeapostas.bet.

Firmino comemora
Foto: Divulgação

Caso o título se confirme, será a 19ª conquista do Liverpool, ficando atrás apenas do Manchester United, que tem 20. No entanto, na era da Premier League, ou seja, desde a temporada 1992/1993, será apenas o primeiro triunfo do time da terra dos Beatles, se juntando a equipes como Blackburn Rovers (campeão em 1994/1995) e Leicester City (vencedor em 2015/2016).

A última conquista

É tempo de relembrar, então, a última conquista do Liverpool no Campeonato Inglês. E ela veio há exatas três décadas, na temporada 1989/1990. Para se ter uma ideia, apenas 11 dos 20 times da atual edição da Premier League participaram daquela edição.

Comandado pelo lendário “treinador-jogador” Kenny Dalglish, o Liverpool terminou o campeonato com 79 pontos (apenas seis a mais que a atual pontuação dos Reds de Jürgen Klopp com apenas 25 rodadas disputadas), nove à frente do vice-campeão Aston Villa. Dentro de campo, o time era guiado por Ian Rush, um dos maiores ídolos e maior artilheiro da história do clube, e também contava com John Aldridge (que deixaria o time antes do final da campanha para defender a Real Sociedad, da Espanha), Peter Beardsley e John Barnes.

Barnes, inclusive, foi o artilheiro dos Reds na campanha, com 21 gols. No campeonato, foi superado apenas por Gary Lineker, do Tottenham, que balançou as redes 24 vezes. Rush não ficou muito atrás: foram 18 gols marcados pelo galês, um dos grandes destaques da campanha vitoriosa.

Altos e baixos

A temporada não foi tão tranquila quanto a atual. Os Reds, inclusive, perderam a liderança para o Chelsea depois de uma sequência de 3 derrotas em 4 jogos, caindo diante de Southampton, Coventry City e Queens Park Rangers.

No entanto, a má fase durou pouco. Em 1990, o Liverpool alcançou uma série invicta de 13 jogos, sua maior na competição, o que sedimentou o caminho para o 18º título inglês de sua história.

A campanha também foi marcada por goleadas, entre elas um sonoro 9 a 0 sobre o Crystal Palace, em Anfield, sendo até hoje a maior goleada do Liverpool na história da primeira divisão inglesa. Sobrou também para os rivais Chelsea (5 a 2) e Manchester City (4 a 1), além de um 6 a 1 sobre o Coventry City na última rodada. Nada mal para encerrar um campeonato!



Não foi à toa que o Liverpool terminou a competição com o melhor ataque, com 78 gols marcados. A defesa também foi a menos vazada, com apenas 37 gols sofridos, um a menos que o Aston Villa. Números que tornam a conquista indiscutível e mostram que o Liverpool foi o grande time do torneio.

O jogo do título

Comemoração ao titulo do Liverpool 1989/90 e as taças da conquista
Foto: Divulgação/Liverpool

Anfield, 28 de abril de 1990. O Liverpool recebeu o Queens Park Rangers em seu estádio podendo garantir o título inglês de forma antecipada em caso de vitória diante do QPR e de um tropeço do Aston Villa diante do Norwich, em casa.

A rodada se construiu como um roteiro de cinema. Os Reds saíram atrás do marcador, mas buscaram o empate ainda no primeiro tempo com Ian Rush. No outro jogo, o Norwich batia o Aston Villa por 1 a 0 até o intervalo.

Na etapa final, no entanto, o Aston Villa buscou uma virada por 3 a 1 e ia frustrando a expectativa do Liverpool. Os Reds, de qualquer forma, precisavam vencer, e conseguiram: de pênalti, Barnes virou o jogo e garantiu a vitória.

Veio então a grande contribuição do Norwich, que buscou um empate contra o Aston Villa por 3 a 3. Com o resultado, o Villa não poderia mais alcançar o Liverpool na tabela de classificação.

Festa em Anfield! Após perder o título da temporada anterior nos acréscimos para o Arsenal, o Liverpool sagrou-se campeão pela 18ª vez diante de seu torcedor – que mal sabia que ficaria três décadas sem levantar a taça na Inglaterra novamente.

Agora, cabe a Salah, Mané, Firmino e companhia limitada garantir a alegria dos torcedores do Liverpool novamente, já que a 19ª conquista parece ser apenas uma questão de tempo...


Por Sidney Barbosa da Silva.
Página adicionada em 04/Fevereiro/2020.

 

Campeões de todos os esportes do mundo