Casos de doping mais marcantes do futebol
https://unsplash.com/photos/k-o-Icw5J80

Infelizmente, o doping é uma triste realidade no futebol. Grandes craques consolidados e jovens de futuro promissor já estragaram suas carreiras por conta do uso de substâncias proibidas no esporte.

A lista é extensa e conta com diversos casos famosos, como Dodô que foi suspenso por usar um remédio para emagrecimento, Jobson, que admitiu usar crack e Romário, que foi pego no exame por conta de um remédio contra a calvície. De acordo com a equipe de editores do portal SAUDAVELEFORTE, é comum que alguns remédios tenham em sua composição alguma substância proibida no esporte, o que deve redobrar o cuidado dos atletas em tratamento. Veja alguns dos casos mais marcantes até hoje:

Maradona

Não bastasse o personagem envolvido ser um dos maiores jogadores da história, o escândalo ocorreu em plena Copa do Mundo, o que faz com que esse seja o caso de doping mais emblemático de todos os tempos. Na Copa de 94, a Argentina vinha de duas vitórias espetaculares na fase de grupos, contra Grécia e Nigéria, com atuações de gala de Maradona.

Depois do jogo contra a Nigéria, o jogador foi pego no exame, que constatou o uso de cinco substancias presentes nos descongestionantes nasais, mas que melhoram a performance esportiva. Sem o astro, que é um dos grandes craques da história do torneio, a Argentina perdeu os dois jogos seguintes e voltou mais cedo para casa. Até hoje, este caso gera polêmicas.

Dinei

O atacante Dinei foi um grande ídolo da torcida corintiana, sendo bicampeão brasileiro em 98 e 99 e campeão mundial em 2000. No entanto, antes desse sucesso, ele passou por péssimos momentos. Quando atuava pelo Coritiba, em 1996, o jogador foi flagrado no antidoping pelo uso de cocaína.

O que deixa esse caso muito marcante foi o fato do atacante ter admitido publicamente o uso da substância, quebrando um tabu e suscitando discussões no futebol. O atacante passou por um período de terapia antidrogas antes de voltar a atuar, em 1997.

Guerrero

A grande quantidade de reviravoltas e informações desencontradas ao longo do processo faz do caso do atacante peruano Paolo Guerrero um dos mais emblemáticos. Guerrero foi pego após um jogo contra a Argentina, pelas eliminatórias da Copa de 2018. O exame observou uma substância encontrada na cocaína e em chás feitos com folha de coca. O jogador alegou que tomou um chá de anis no hotel onde estava concentrado e que, provavelmente, a jarra continha resquícios de outro chá.

O caso gerou comoção nacional, já que Guerrero era o maior ídolo da seleção peruana, que voltaria a disputar a Copa do Mundo após um jejum de 36 anos, e a previsão era que ele não pudesse voltar aos gramados a tempo do mundial. Porém, a FIFA acatou um pedido urgente de efeito suspensivo da Federação Peruana e o jogador pode atuar na Rússia.


Por Sidney Barbosa da Silva.
Página adicionada em 12/Fevereiro/2020.

 

Campeões de todos os esportes do mundo