AceOdds últimos códigos promocionais de apostas

O clube foi fundado a partir da dissidência de jogadores do então tri-campeão, Fortaleza EC, e liderados pelos irmãos Machado (Moacir, Jandir, Juraci e Caranã). O Tricolor extinguiu o departamento de futebol quando liderava a competição estadual, em 6 de agosto de 1929 – alegando dificuldades financeiras e descontentamento com o julgamento de protestos do clube pela Associação Desportiva Cearense (ADC), atual Federação Cearense de Futebol. Pesou ainda os atritos entre atletas e diretoria.

Os registros oficiais da Federação Cearense de Futebol registram o nome do time da constelação como Orion Futebol Clube. Contudo, alguns livros históricos apresentam o time como Orion Sporting Club.

Orion é o nome de uma constelação equatorial formada de estrelas brilhantes, três das quais as conhecidas "Três Marias".

Orion Futebol ClubeLogo após sua fundação o clube passou a disputar partidas amistosas se preparando para a disputa dos torneios da ADC de 1930. Logo de cara venceu com certa facilidade o Torneio Início. Manteve o favoritismo no Campeonato Cearense, levando o título e fazendo o artilheiro da competição, Zezé com onze gols.

Mas aí uma espécie de buraco-negro engoliu o Orion. Em 1931, o time voltou a ganhar o Torneio Início e seguia rumo ao bicampeonato, liderando o Estadual até a última rodada, quando enfrentaria o Ceará, que estava na segunda colocação, um ponto atrás. A decisão foi marcada pela ADC para a mesma semana em que o time chegara de excursão pelo Interior. Apesar dos pedidos de adiamento por parte do Orion, a ADC manteve a data da final. Em sinal de protesto, o time não entrou em campo e o título ficou com o Ceará.

A diretoria do Orion chegou a publicar nota na imprensa alertando aos torcedores a opção do clube em não disputar a decisão do Estadual de 1931 na data marcada pela ADC. "O Orion Sport Clube, devidamente autorizado pela sua diretoria, avisa ao público em geral que não tomará parte no match de futebol anunciado, conforme comunicação feita em sessão da A.D.C, pelo seu representante, sr. Armando Maramaldo". Conforme o pesquisador Nirez de Azevedo no livro História do Campeonato Cearense de Futebol, o texto foi publicado no jornal O Nordeste, em 23 de outubro de 1931.

O sucesso alcançado pelo Orion fez com que o Fortaleza "repatriasse" parte dos atletas dissidentes em 1929 e retomasse as disputas em 1932. O Orion ainda participou do Estadual daquele ano, mas, desfigurado, e ainda sentindo-se prejudicado pela ADC, acabou pedindo desligamento da entidade, fechando as portas antes do fim da competição. Era o último brilho da constelação alvinegra em campos cearenses.

A Conquista de 1930

O Campeonato Cearense de 1930, vencido pelo Orion, foi o mais desmotivado da história da competição. Apenas quatro times iniciaram a disputa, em 16 de março daquele ano, já que Atlética e Guarany Foot-ball Club desistiram de disputá-lo, pois estavam em briga com a ADC. Desta disputa, além do Orion, que substituía o Fortaleza, participaram o Ceará, Maguary; e o pouco expressivo Fluminense que abandonou a disputa ainda no primeiro turno, reduzindo a briga pelo título a um triangular.

Estadual de 1930 - Decisão ORION 2 x 1 CEARÁ
Data: 01 de junho de 1930; Local: Campo do Prado;
Árbitro: Arthur Salgado;
Gols: Juracy e Pirão (Orion); Famun (Ceará).
ORION: Oto; Preto e Orestes; Basílio, Caranã e Santana; Guarany, Jurandir, Zezé, Juracy e Pirão.
CEARÁ: Pintado; Liberato e Bebê; Teopisto, Viana e Arthur; Afonso, Hildebrando, Farnun, Peixe e Zé Maria.

Todos os Títulos

O Orion utilizou as cores preta e branca e disputou os estaduais de 1930, 1931 e 1932. Neste período conquistou o Campeonato Cearense de 1930 e dois Torneio Início: 1930 e 1931. Teve o artilheiro de 1930: Zezé, com 11 gols.


Fontes consultadas: www.opovo.com.br, Livro História do Campeonato Cearense de Futebol, de Nirez Azevedo; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva - Página adicionada em 18 de junho de 2011.