AceOdds últimos códigos promocionais de apostas

FUNDAÇÃO

Primeiro time de futebol profissional do Estado do Tocantins, a fundação do Palmas ocorreu em 31 de janeiro de 1997, fruto do "empréstimo da documentação" de um clube chamado Sociedade Esportiva Canelas, que já estava regularizado junto a Federação Tocantinense de Futebol.

O Governador Siqueira Campos, um dos grandes idealizadores do surgimento do Palmas, foi o primeiro desportista a assinar o livro-ata do clube. A reunião, que oficializou a fundação do Palmas, aconteceu nas dependências do Centro de Tradições Gaúchas (CTG), na Capital, e contou com a presença de várias autoridades, empresários, simpatizantes e jogadores.

Quando o Palmas iniciou suas atividades em 1997, a Capital ainda não tinha um campo com capacidade para abrigar jogos do Campeonto Tocantinense. Para treinar os jogadores utilizavam o campo de terra da Arse 72 (706 Sul). As partidas oficiais pelo Campeonato Estadual e Brasileiro da Série C foram disputadas em Porto Nacional, Paraíso e Miranorte. Em 1998, o Palmas começou a mandar seus jogos na Morada do Sol, em Taquaralto e no campo da Arno 43 (407 Norte).

A primeira final estadual do Tricolor aconteceu no ano seguinte a sua fundação. Empatou as duas partidas finais com o Alvorada pelo placar de 0 a 0 - perdendo o titulo nas penalidades por 6 a 5.

O atacante Belziran José de Souza, foi o jogador a marcar o primeiro gol oficial da equipe no dia 30 de março de 1997 na derrota para o Interporto por 2 a 1. O jogo aconteceu no Estádio General Sampaio, em Porto nacional.

Já o primeiro gol valendo por uma competição oficial no estadio Nilton Santos, foi assinalado pelo meia Wesnalton, na vitória do Palmas por 2 a 0 sobre o Gama (DF), pela Copa Centro-Oeste, no dia 18 de janeiro de 2001.

O centésimo jogo oficial do Palmas aconteceu no dia 21 de fevereiro de 2001, na cidade de Brasília, no Estádio Mané Garrincha. Na ocasião, o Tricolor da Capital perdeu por 1 x 0 para o Gama (DF).

O dia mais trágico da história do Palmas
Atletas do Palmas no acidente Aéreo
Quatro atletas (da esquerda para a direita: Lucas Praxedes, de 23 anos; Guilherme Noé, de 28 anos; Ranule, de 27 anos; e Marcus Molinari, de 23) e o presidente do clube, Lucas Meira (ao centro da imagem acima), morreram em um acidente aéreo. O avião particular caiu após a decolagem e explodiu, na manhã de domingo (24-Janeiro-2021), em Porto Nacional (TO). O piloto da aeronave, comandante Wagner, também morreu na hora. A equipe enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde em Goiânia.

TODOS OS TÍTULOS

Campeonato Tocantinense: 2000, 2001, 2003, 2004, 2007, 2018, 2019, 2020
Campeonato Tocantinense de Juniores: 2001 (Sub 21), 2001 (sub 20), 2002 (sub 20)

PRIMEIRA CONQUISTA ESTADUAL EM 2000

A tarefa do Palmas de chegar ao primeiro título do Tocantinense em 2000 não foi nada fácil. O regulamento da Federação Tocantinense de Futebol (FTF) previa a realização de um play-off na final. Palmas e Interporto disputaram três partidas. A primeira, no dia 18 de junho de 2000, em Porto Nacional, na qual o Interporto venceu por 3 x 1. O segundo jogo, dia 22 de junho, no campo da 407 Norte (Arno 43), em Palmas. O Tricolor reverteu a situação e derrotou o Interporto por 2 x 0. Três dias depois, as duas equipes voltaram a se enfrentar na Capital. Com o confronto empatado em 1x1 (uma vitória para cada time), quem vencesse seria o campeão. Atuando com raça e determinação, o Palmas não desperdiçou a chance e venceu por 2 x 0 , com gols de Matera e Eudes. Após o apito final do árbitro Enivaldo de Ribeiro, começou uma grande festa dentro do gramado e nas arquibancadas.

1° jogo - Interporto 3 x 1 Palmas, em 18/06/2000
Local: Estádio General Sampaio (Porto Nacional)
Gols: Alexandre, aos 6, Licuri, aos 21 (1° tempo); Preá, aos 25 e Belziran, aos 33 (2° tempo).

2° jogo - Palmas 2 x 0 Interporto, em 22/06/2000
Local: Campo da Arno 43 (407 Norte) Palmas
Gols: Arismar, aos 25 e Matera, aos 35, ambos do 2° tempo

3° jogo - Palmas 2 x 0 Interporto, em 25/06/2000
Palmas: Rodrigo Ramos; Jannair, Eugênio, Emerson e Eudes; Adeildo, Matera, Quezado e Wesnalton; Belziran (Arismar) e Maycon. Técnico: Carlos Magno
Interporto: Mateus; Cebola (Edson), Ceará (Valdo), Den e Geovânio; Tiú, Flávio, Adalto e Raí; Alexandre e Licuri Técnico: Rochinha
Árbitro: Enivaldo Ribeiro de Almeida
Local: Campo da 407 Norte (Arno 43)
Gols: Matera, aos 8 do 1° tempo e Eudes, aos 28, do 2° tempo

Campanha completa

Palmas 2 X 0 Tocantinópolis
Gurupi 2 X 2 Palmas
Interporto 0 X 0 Palmas
Palmas 1 X 1 Clube dos XXX
Palmas 1 X 0 Intercap
Clube dos XXX 0 X 4 Palmas
Palmas 1 X 0 Interporto
Palmas 0 X 0 Gurupi
Tocantinópolis 2 X 2 Palmas

Gurupi 1 X 1 Palmas
Palmas 3 X 0 Gurupi

Interporto 3 X 1 Palmas
Palmas 2 X 0 Interporto
Palmas 2 X 0 Interporto

Numeros: 7 vitórias, 6 empates, 1 derrota, 22 gols marcados, 9 gols sofridos e 13 saldo de gols

Todos os Presidentes
1997: Walter Borges (1º presidente)
1998 – 1999: Manoel de Jesus
2000 - Manoel de Jesus, Alexandre Ubaldo e Milton José da Silva
2001 – 2002: José Silva Pinto
2003 – 2004: José Silva Pinto/Arnauld Rodrigues
2005 – 2007: Adagsmar Araújo
2007 – 2009: Fernando Rezende de Carvalho
2008 - Carlos Santos Manzini Júnior (90 dias no lugar de Fernando Resende, que pediu afastamento para concorrer a cargo eletivo)
2008 – 2009: José Welington Martins Tom Belarmino (renunciou em agosto de 2009)
2009 – 2011: Josivaldo Alves da Silva
2011 – 2013: Donizete Aparecido da Silva (maio 2011 a 31 de maio 2013)
2013 – 2016: Richard Sanhes
2016 (abril a junho): Alexandre de Paula Alves
2017 a Jan/2021 – Lucas Meira

Hino Oficial

Os músicos Dorivã e J.Bulhões venceram concurso do hino oficial do Palmas Futebol e Regatas divulgado, em 2 de fevereiro 2010, no auditório do Sebrae, na Capital durante o coquetel que comemorou 13 anos de fundação do clube

Letra

Somos “Palmas”, corpo e alma,
nossa meta é a vitória
Palmas tu és minha paixão.
Nos gramados, seus craques cobertos de glória
Palmas, time do coração.

Vai tricolor Palmense,
Grita a torcida: é campeão!
Vai tricolor, meu tricolor,
Vai conquistar essa nação

Com amor as suas cores
Vai vencer de Norte a Sul
Vai tricolor, meu tricolor,
Voa arara azul.
Faz “ola”, agita e grita, acelera essa emoção
Nessa vibração tricolor
Dribla mais um, faz mais um gol
Porque o meu Palmas dá show

(Refrão)
Põe a mão na taça, mostra a tua raça
Faça a massa delirar
E no meu coração, eterno campeão
Palmas, amor e Paixão
E no meu coração, eterno campeão
Palmas, amor e paixão

Estádio Nilton SantosEstádio Nilton Santos
Capacidade 12.000 pessoas
Inauguração 12/10/2000
Seleção do Brasil sub 17 2 x 2 Seleção do Tocantins sub 20
1° gol: Malzone (Brasil)

Obs.: Com a construção do Estádio Nilton Santos, a partir de 2000, é que o clube passou a ter um local mais adequado para as suas partidas.

Mascote do Palmas FR   Uniforme 1   Uniforme 2
Arara Azul - Mascote do clube; Uniforme n° 1 e 2 (desenho de 2006).


Sidney barbosa da SilvaPesquisas de Sidney Barbosa da Silva
Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br; e www.palmasfr.com.br (desativado).
Página adicionada em 26/Outubro/2006 - atualizada em 20/Fevereiro/2021.