O Club Deportivo Guadalajara S.A. de C.V., mais conhecido como Chivas, é uma das duas equipes com mais campeonatos na história do futebol mexicano. Foi fundado em 8 de maio de 1906 e seu dono desde 2003 é o empresário Jorge Vergara Madrigal, que também atua como Presidente do Grupo Omnilife-Chivas.

O Guadalajara joga no Estádio Akron. Entre as lendas que vestiram a camisa vermelha e branca são: Salvador Reyes, José Villegas, Sabas Ponce, Guillermo Sepúlveda, Juan Jasso, Jaime Gomez, Hector Hernandez, Ignacio Calderon, Fernando Quirarte Benjamin Galindo, Javier Ledesma, Eduardo de la Torre, Ramon Ramirez, Alberto Coyote, Oswaldo Sanchez, Ramon Morales, Adolfo Bautista, Omar Bravo, Carlos Salcido e Javier 'Chicharito' Hernandez.

Ao longo de 112 anos, as listras vermelhas e brancas estão pintadas na história do futebol mexicano, com múltiplos episódios de alegria e triunfo, estampadas de objetivos e marcas que mostram a tradição que hoje define o clube.

A ORIGEM
Tudo começou quando um grupo de jovens, no alvorecer do século XX, decidiu seguir a idéia do belga Edgar Everaert para fundar o Unión Football Club, primeiro nome que teve o Chivas de Guadalajara.

Foi no armazém chamado La Ciudad de México, onde Everaert e os irmãos Rafael e Gregorio Orozco foram encorajados e deram a La Perla de Occidente um dos seus emblemas mais reconhecidos.

Vestido com uma camisa branca, o time jogou sua primeira partida contra a equipe do Gimnasio Atlético Occidental e a equipe recém-formada tinha como tático Rafael Orozco, que também foi seu primeiro presidente e sob a sua liderança, vieram as listras vermelhas e brancas, por sugestão de Everaert, que assumiu as cores da bandeira da cidade de Bruges, na Bélgica (onde era originalmente) e a mudança de nome para Guadalajara, que foi oficializado em 26 de fevereiro de 1908.

No início, o Guadalajara contou em suas fileiras de membros belgas, franceses, espanhóis e mexicanos. Apenas para a temporada 1943-1944, com o profissionalismo, o clube decidiu contar apenas com mexicanos.

ÉPOCA AMADORA
Uma dúzia de títulos foram as conquistas do Guadalajara nesses primeiros anos de vida, ao mesmo tempo em que o futebol em Jalisco se consolidou graças aos nomes de figuras "vermelhas e brancas" que se destacaram pela sua qualidade e paixão. Paul González, Fausto 'Pablotas' e Max Prieto, bem como Jose' Pelón "Gutiérrez, foram alguns dos elementos que começaram a ficar na memória do clube como estrelas.

PROFISSIONALISMO
A Primeira Divisão Profissional começou formalmente na temporada 1943-44 e com ela o Guadalajara começou sua jornada nos campos de futebol do país e em sua estréia superou o experiente Atlante na Cidade do México por 4 a 1.

O apelido de 'Chivas'
O apelido atualmente detido pelo Guadalajara orgulhosamente nasceu na década de 40, quando o jornal El Informador, da capital de Jalisco, publicou em 30 de setembro de 1948, depois do encontro contra Tampico pela segunda rodada, o seguinte: JUGARON A LAS CARRERAS Y GANARON LAS ‘CHIVAS’ UNO A CERO; o título foi usado pelos torcedores do rival Atlas, para zombar da equipe. O que começou como uma piada foi transformado em um som que ressoa em todo o futebol mexicano até hoje, um fenômeno que transcende fronteiras com mais de 40 milhões de torcedores no país, nos Estados Unidos e no mundo.

VERGARA E O RENASCER
Houve uma mudança muito importante na história do clube. Em 2002, um empresário de sucesso da cidade adquiriu as ações de propriedade do Club Deportivo Guadalajara AC; O movimento foi radical, revolucionário na gestão da tradicional equipe, Jorge Vergara Madrigal invadiu o mundo do futebol com toda a sua visão de negócios, mas combinando-a com a tradição e história do Chivas Rayadas del Guadalajara.

Da Associação Civil à Sociedade Anônima, essa foi a primeira coisa, mas com isso também veio o investimento na "juventude" vermelha e branca com participação e conquistas de diversos torneios internacionais desde então até os dias atuais.

INTERNACIONALIZAÇÃO
A incursão do Guadalajara nos torneios sul-americanos, como a Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana, deu à equipe novos desafios e um panorama muito enriquecedor pelo seu prestígio. O Chivas tornou-se o protagonista dessas competições toda vez que participava; nessas competições ganhou com a categoria para times como Boca Juniors, River Plate ou São Paulo, também foi finalista da Copa Libertadores 2010 contra o Internacional de Porto Alegre, embora mais tarde ele tenha alcançado sucesso internacional com a obtenção do título da Liga dos Campeões de Concacaf 2018.

CAMPEONÍSSIMO
Foi o nome dado à equipe que representou o Chivas no período entre 1957 e 1970, pois o feito alcançado por esse grupo de jogadores é inigualável até os dias atuais, pois foram conquistados 23 títulos.

TODOS OS TÍTULOS

Títulos Internacionais
Liga dos Campeões da CONCACAF: 1962, 2018
Campeonato Centro-Americano: 1959

Títulos Nacionais
Campeonato Mexicano: 1957, 1959, 1960, 1961, 1962, 1964, 1965, 1970, 1987, 1997 Verão, 2006 Apertura, 2017 Clausura
Copa Do México: 1963, 1970, 2015 Apertura, 2017 Clausura
Campeão dos Campeões: 1957, 1959, 1960, 1961, 1964, 1965, 1970
Supercopa do México: 2016
Copa Challenger: 1961
Inter Liga: 2009

Outras Competições / Torneios / Troféus
Copa Oro de Occidente: 22
Copa Reforma: 1911
Torneo de Primavera: 1917
Medalla de la Junta de Festejos Patrios de la Villa de Zapopan: 1917
Medalla Colón: 1918
Medalla Caridad: 1918 Junta de Festejos de Caridad de la Colonia Reforma
Copa Militarización: 1918
Copa Deportivo Nacional de Torreón: 1919
Copa Eugenio Pinzón: 1921
Copa Francia: temp. 1921/22
Copa Fábricas de Francia: 1924
Campeonato Oficial de Segunda Fuerza: 1925, 1929, 1935 e 1938
Campeonato Categoría Juvenil: 1929
Trofeo Casino Español: 1928
Campeonato de Segunda Categoría de Occidente: 1939
Campeonato Oficial de Tercera Fuerza: 1929 e 1938
Copa Presidencial: 1953
Copa de Oro: 1954-1956
Trofeo de Don Adolfo López Mateos: 1959, 1960, 1961 e 1963
Torneo de la Ciudad de Guadalajara: 1961
Trofeo Campeonísimo: 1962
Campeón Torneo de Reservas: 1968, 1993 e 2006
Campeón Primera Fuerza Amateur: 1968
Copa California: 1977
Campeón 1a. División Amateur: 1984
Copa Europa: 1985
Copa México de Segunda División: 1996
Copa Coliseo: 1998
Copa Estrella del Milenio: 1999
Campeón Juvenil: 1998
Copa Pachuca: 2000
Copa Tecate: 1994 e 2001
Copa León: 2003
Copa Diario ESTO: 2006
Copa Marval: 2009
Campeón de Filiales de Segunda División: Apertura 2004, Apertura 2006 e Clausura 2008

ESTÁDIO AKRON
Akron  - Estádio do Chivas Guadalajara
Com investimento de cerca de US$ 200 milhões à época, o Chivas inaugurou em 30 de julho de 2010 seu novo estádio em um amistoso contra o Manchester United, com vitória do Chivas por 3 a 2. A arena tem capacidade para 42 mil pessoas. Por cinco décadas, o clube havia usado o Estádio Jalisco.


Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da SilvaSidney Barbosa da Silva.
Fontes: www.chivasdecorazon.com.mx; http://akronestadio.mx; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 06/Outubro/2018.