Um clube que venceu a barreira dos 100 anos e, embora amador, teve participação no triangular final do campeonato Paranaense de 1939, realizado em 1940, e uma participação na segunda divisão do campeonato Paranaense 1970.

Nesta página um pequeno resumo da história da A.A. 29 de Maio, que hoje, 01 de junho de 2021, completa 102 anos de existência.

Foto da equipe que venceu por 6 a 1 uma partida contra o Marinha FC, em 31 de dezembro de 1919.
Foto da A.A. 29 de Maio de Antonina-PR em 1919
Em pé: Luiz Costa, Formiguinha, Juca Miranda, Didi Camisa, Quinco Picanço e Iphygênio Almeida; ao centro: Dudu, João Pinto e Cabo Gomes; na última fila: Lourival Valejo, Dodô Picanço e Petrônio Peixoto.

Breve histórico
A Associação Atlética 29 de Maio, apesar do nome, foi fundada no dia 1° de junho de 1919, quatro dias após o Brasil vencer o Sul-Americano, como forma de homenagear o escrete que obteve a primeira grande glória da história da Seleção.

A primeira Diretoria foi eleita e empossada uma semana depois, no dia 8 de Junho de 1919, e foi composta da seguinte forma:
• Presidente: Pedro Machado;
• Vice-Presidente: Manoel Gomes Junior;
• 1° Secretário: Jose Carvalho;
• 2° Secretário: João da Costa Pinto;
• Tesoureiro: João Ghignone;
• Capitão: Annibal Silva;
• Procurador: Luiz Alves.

Embora amador, o futebol do Pavão (mascote e símbolo do clube) fazia muito sucesso na cidade de Antonina. As famílias mais tradicionais da cidade acompanhavam cada jogo. Enquanto as mulheres exibiam seus elegantes vestidos, os homens compareciam ao estádio Francisco Pinto com ternos da cor azul marinho, sapatos de verniz e palheta e gravatas borboletas. Era o charme da época.

Estádio da A.A. 29 de Maio de Antonina-PR Estádio Francisco Pinto
Em 16 de fevereiro de 1920 é inaugurado o campo de propriedade da Associação Atlética 29 de Maio, sendo paraninfos a Sra. Anna Emília Soares de Loyola e o Sr. Dr. Heitor Soares Gomes, Prefeito Municipal, o qual, ausente da cidade, foi representado pelo Sr. João Thiago Peixoto, poeta antoniense. O ato religioso foi celebrado pelo Padre D. Manoel Leocádio. A seguir, seguiram-se os festejos com várias competições, inclusive um jogo entre os segundos quadros do 29 de Maio e Graciosa S.C. (Fonte: livro “Efemérides Antoninenses – Fatos e Pessoas da História de Antonina” de Alceu Pinto de Almeida).

Quanto ao nome do estádio, não há registros de quem foi Francisco Pinto, apenas um depoimento do Sr. Joubert Gonzaga (In Memorian), o qual disse:
“Chico Pinto, era pai de Maninho de Seleni, era um vintenoveano de nascimento, Nhá Cota era mulher dele. Ela tinha um genro que era Ari do Atlético, que era casado com Seleninha (filha) ..” Confira entrevista completa.

Friendereich A ilustre visita de Friedenreich
Em 15 de Agosto de 1940, a convite da A. A. 29 de Maio, esteve em visita ao clube, Arthur Friedenreich, sendo alvo de diversas homenagens por parte dos associados.

Nessa ocasião, Friedenreich (ver Biografia), assinou a Ata de Fundação do clube. Para quem não sabe, Friedenreich foi o herói da primeira conquista da Seleção Brasileira de futebol, marcando o gol da vitória na prorrogação em jogo extra contra a equipe do Uruguai no dia 29 de Maio de 1919, jogo esse que motivou a fundação do 29 de Maio.

Apesar de todas as dificuldades para manter vivo um clube centenário e amador de futebol, a praça de esportes continua sendo a única disponível para a prática de futebol amador em Antonina, nas mais diversas categorias (Amador, Masters, Veteranos, etc).

E mesmo sendo um clube privado, sempre se mantêm em parceria com a comunidade para utilização de seu espaço para diversos Campeonatos no município.

A Atual Diretoria tem procurado dentro de suas possibilidades, melhorar a estrutura de sua praça de esportes, seja para uso da comunidade ou, em especial ,para seus associados.

Títulos
Campeonato Municipal de Antonina (PR): 1929, 1930, 1940, 1943, 1946, 1947, 1949, 1956, 1957, 1965, 1971, 1979, 1981, 1991 e 1993

Todos escudos utilizados pelo clube
Escudos do 29 de Maio de Antonina-PR

LETRA DO HINO
Autor desconhecido

Em nosso peito temos
Auri-verde bandeira!
Por ela lutaremos
a nossa vida inteira!

E sempre lutaremos
até vencer!
Derramando o nosso
sangue gota a gota
até morrer!

É bela a nossa idade
e nós que estamos
na flor da mocidade!
Devemos sempre lutar
pelo 29 bem amado
até morrer!

Vinte e nove!
Vinte e nove!
Está coberto de vitórias!

Com seu pavilhão
Auri-verde!
Coberto de tantas glórias!
Vinte e nove! Vinte e nove!


Agradecimentos a Lúcio Tavares, sem o qual não teríamos condições de criar esta página.
Fonte consultada: https://aa29demaio.wordpress.com/.
Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva.
Página adicionada em 01/Junho/2021.