Bloco dos Fanaticos728x90

O PRIMEIRO JOGO E GOL OFICIAL DO FUTEBOL BRASILEIRO


Paulistão 1902 História Fut-Paulista + FUT-PAULISTA    + ESPECIAIS

       

Mantenha os olhos semicerrados e mentalmente retorne ao dia 3 de maio de 1902, quando o futebol tinha apenas oito anos de prática no Brasil, o presidente da República recém-eleito era Rodrigues Alves e o clássico Os Sertões, de Euclides da Cunha, ainda levaria sete meses para ser publicado.

Imagine o Brasil em plena efervescência das imigrações e da epidemia de febre amarela, com Oswaldo Cruz assumindo naquele mesmo ano a direção geral do Instituto Manguinhos (hoje, Fiocruz-RJ). Lembre, finalmente, um tempo em que o bondinho começaria a entrar no período de expansão e de composição da paisagem urbana, bem antes da Primeira Guerra Mundial, quando o panorama de formação da Tríplice Aliança composta por Alemanha, Itália e Áustria apenas causava um certo desconforto ao mundo, enquanto, no final do mesmo ano, Cuba iria se tornar república.

Pois bem, no cenário de 3 de maio de 1902, a Associação Athlética Mackenzie College entrou em campo, pela primeira vez, para enfrentar, em jogo oficial, o Sport Club Germânia (hoje Clube Pinheiros). Antes, em 18 de agosto de 1898, tinha sido fundada a Associação Athlética Mackenzie College de São Paulo e os futebolistas que dela faziam parte - camisas listradas, de mangas longas, calções compridos cobrindo até parte das canelas - posaram para a foto histórica no pátio do Mackenzie onde havia apenas o Prédio 1.

 
Arbitro em 1902
Uniforme utilizado pelo árbitro em 1902


Uniforme do Mackenzie
Uniforme do Mackenzie utilizado na partida
 
Do outro lado estava o adversário, o S.C. Germânia, hoje atual Esporte Clube Pinheiros, fundado em 07 de setembro de 1899, que jogava com seu uniforme caracterizado pelas camisas com o lado esquerdo do peitoral em azul e o outro em preto, calções pretos e meias pretas.

Na época, os jogadores não tinham os números estampados na camisa, não havia penalidade e a meia-lua da grande área só viria anos mais tarde.

Nesse primeiro jogo do campeonato, a A.A.Mackenzie venceria o S. C. Germânia por 2 x 1 e o match seria o marco da história do futebol paulista e brasileiro. Além de jogo inaugural da Liga de Foot-Ball Paulista a disputa fazia parte do calendário da primeira competição do gênero organizada no Brasil.

Em 1902, os árbitros iam a campo trajando paletó, gravata, bermudas (até a altura das canelas) e meias. Além do desconforto dos uniformes usados pelos jogadores e árbitro da partida, o que mais chamava a atenção era o calçado usado para a prática esportiva. Os sapatos, pesados e pouco flexíveis, se assemelham aos atuais calçados de segurança, utilizados em fábricas. Tempos de bom futebol e de muitas dificuldades...

O primeiro gol do Brasil

O mackenzista Eppingaus marca goal histórico

O jornal A Província de São Paulo, mais tarde O Estado de S. Paulo, na seção Sport, publicou, no dia 4 de maio de 1902, a notícia que transcrevemos a seguir:

Foot-ball. Match. Campeonato de 1902. Às três horas da tarde de ontem, no Parque da Antarctica Paulista, realizou-se, com grande número de famílias, o primeiro match organizado pela Liga Paulista de Foot-Ball entre S.C.Germânia e A.A.do Mackenzie College. No primeiro half-time, o sr. Mario Eppingaus fez um goal para o Mackenzie. Verdade é que o team do Mackenzie tem muito mais velocidade que o seu concorrente e, devido a isto, de começo a fim, a bola manteve-se mais favorável ao Mackenzie. Poucos minutos antes do half-time, o sr. Kirschner, centerforward do Germânia conseguiu fazer um scape dahi marcar o primeiro goal do S.C.Germânia. Infelizmente, o Club Germânia perdeu, no primeiro half-time, um dos seus melhores jogadores, o sr. Muss, que se feriu bastante numa queda; porém, este jogador foi substituído por outro.

Mackenzie 2 x 1 Germânia
Local: Parque da Antarctica Paulista
Árbitro: Antonio Casimiro da Costa
Mackenzie: Rehder, Belfort Duarte e Warner; Sampaio, Alício de Carvalho e Lourenço; Yelrd, Eppingaus, Pedro Bicudo, Armando Paixão e Lopes
Germânia: Brasche, Riether e Nobiling; Kawwal, Baumann e Muss; Linz, Russo, Kirschner, Nicolau Gordo e Hinghehardt.
Marcadores: Eppingaus (M), Kirschner (G) e Alício de Carvalho (M).


Sidney Barbosa da SilvaPesquisas de Sidney Barbosa da Silva
Fonte: "Revista do Mackenzie - Cem Anos de Futebol - O Jogo da Saudade"; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada em 01/Março/2009; atualizada e revisada em 11/Janeiro/2014.

 

Pesquisa personalizada

Shopping Campeões do Futebol

Ir ao Topo