AceOdds últimos códigos promocionais de apostas

Torneio da Integração Nacional 1971


Confederação Brasileira de Desportos   CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS
  (Atual Confederação Brasileira de Futebol)
  Fundada em 08 de junho de 1914
  Sede: Rio de Janeiro (RJ)

+ TABELAS   + FUT-BRASIL

 

A CRIAÇÃO DO TORNEIO

Colocados à margem do Campeonato Nacional de 1971 (a atual Série A), os goianos resolveram levar avante a idéia de Hailé Selassié Pinheiro, presidente do Goiás EC. Foram ao Governador Leonino Caiado, que achou a coisa uma bela promoção para seu estado e confirmou todo apoio do governo. Nome da idéia: Torneio de Integração Nacional.

O Torneio iniciou com dezesseis times jogando em quatro grupos, como a Copa do Mundo, com a participação de seis equipes do futebol goiano, e outros dez convidados dos seguintes estados: Amazonas, Bahia, Ceará, Espirito Santo, Guanabara, Maranhão, Paraiba, Paraná, Pernambuco e São Paulo. Cada clube terá garantia de três jogos (nas oitavas) a Cr$ 5.000,00 cada, com todas as despesas pagas.

Os jogos foram realizados em Goiânia e Anápolis, cidades com 450.000 e 120.000 habitantes, respectivamente.

Funcionando como a Copa, os clubes (dois de cada grupo) que passarem as quartas-de-final terão cotas mais altas, e assim até a final. (Placar 21/05/1971, pág. 20).

VEM AÍ O "INTEGRAÇÃO"

Com este título, a Revista Placar deu a seguinte informação:
"Quando surgiu a idéia, foi um rebuliço em Goiânia. Mas, depois, as dificuldades foram aparecendo ...". Esta semana a grande noticia chegou, vindo simultâneamente do Rio e do governo do Estado de Goiás: do Rio, a aprovação da CBD. João Havelange achou muito boa a idéia, prometendo oficializar o torneio, desde que prove ser rentável. E, ainda do Rio, a promessa do brigadeiro Jerônimo Bastos de que o CFD vai estudar uma fórmula de ajudar quanto aos transportes. Do governo goiano, a liberação de Cr$ 105.000,00 para as despesas de estada das delegações de outros estados. (Placar, 16/07/1971, pág. 29).

Atlético Goianiense, campeão do I Torneio da Integração Nacional em 1971A FINAL - MELHOR DE QUATRO PONTOS

Atlético Goianiense e Ponte Preta chegaram à final do Torneio Integração em absoluta igualdade de condições. Partiram para uma melhor de três (série de melhor de 4 pontos) e os campineiros levaram a primeira, 1 a 0, gol de Ditinho.

Desde o começo que a turma em Goiás reclamava que os juízes estavam contra os times locais. Neste primeiro jogo anularam o gol de empate do Atlético, que quase não voltou para o segundo.

Mas voltou e ganhou, também por 1 a 0. Mas desta vez quem reclamou foi a Ponte, que acabou tendo o goleiro Wilson expulso e automáticamente afastado da negra.

A decisão terminou 0 a 0 e, na prorrogação, aos 10 minutos, Luisinho fez o gol que deu a vitória e o título - merecido - ao Atlético Goianiense, campeão do I Torneio da Integração Nacional.

PARTICIPANTES

Anápolis Futebol Clube (Anápolis-GO)
Associação Atlética Ponte Preta (Campinas-SP)
Associação Desportiva Ferroviária (Vitória-ES)
Atlético Clube Goianiense (Goiânia-GO)
Botafogo Futebol Clube (João Pessoa-PB)
Campinas Esporte Clube (Goiânia-GO)
Campo Grande Atlético Clube (Rio de Janeiro-GB)
Clube Náutico Capibaribe (Recife-PE)
Fluminense de Feira Futebol Clube (Feira de Santana-BA)
Fortaleza Esporte Clube (Fortaleza-CE)
Goiânia Esporte Clube (Goiânia-GO)
Goiás Esporte Clube (Goiânia-GO)
Moto Clube (São Luís-MA)
Nacional Fast Club (Manaus-AM)
União Bandeirante Futebol Clube (Bandeirantes-PR)
Vila Nova Futebol Clube (Goiânia-GO)

OS JOGOS

GRUPO A
Classificaram-se Fluminense, com 2 pontos perdidos, e Vila Nova, com 3 PP, o mesmo da Desportiva, no entanto ficou com a vaga por gol average.

12.09.1971- Goiânia 1x1 Fluminense de Feira
12.09.1971- Vila Nova 0x0 Desportiva
19.09.1971- Fluminense de Feira 0x0 Desportiva
19.09.1971- Vila Nova 1x0 Goiânia
25.09.1971- Goiânia 0x0 Desportiva, em Goiânia
25.09.1971- Fluminense de Feira 2x1 Vila Nova, em Goiânia

GRUPO B
Classificaram-se Ponte Preta e Anápolis com 2 pontos perdidos.

12.09.1971- Anápolis 2x1 União Bandeirante
12.09.1971- Ponte Preta 1x0 Campo Grande
19.09.1971- União Bandeirante 1x0 Campo Grande
19.09.1971- Anápolis 1x1 Ponte Preta
25.09.1971- Anápolis 1x1 Campo Grande, em Anápolis
25.09.1971- Ponte Preta 1x1 União Bandeirante, em Anápolis

GRUPO C
Classificaram-se Goiás e Atlético, com 2 pontos perdidos.

11.09.1971- Goiás 1x0 Atlético
11.09.1971- Fast 3x2 Moto Clube
18.09.1971- Atlético 3x1 Fast
18.09.1971- Goiás 1x0 Moto Clube
26.09.1971- Atlético 1x0 Moto Clube, em Goiânia
26.09.1971- Fast 1x0 Goiás, em Goiânia
Nota: Após um pênalti que o juiz marcou a favor do Goiás, aos 40', o Fast retirou-se de campo.

GRUPO D
Classificaram-se Fortaleza e Botafogo com 2 pontos perdidos.

11.09.1971- Náutico 2x1 Campinas
11.09.1971- Fortaleza 4x3 Botafogo
18.09.1971- Botafogo 1x0 Náutico
18.09.1971- Fortaleza 2x2 Campinas
26.09.1971- Botafogo 2x0 Campinas, em Anápolis
26.09.1971- Fortaleza 2x1 Náutico, em Anápolis

SEGUNDA FASE

GRUPO 1
O Atlético se classificou para a finalíssima.

30.09.1971- Vila Nova 3x1 Anápolis
30.09.1971- Atlético 1x0 Goiás
03.10.1971- Atlético 2x2 Vila Nova
06.10.1971- Goiás 2x0 Anápolis
09.10.1971- Atlético 1x0 Anápolis
10.10.1971- Vila Nova 0x0 Goiás

GRUPO 2
A Ponte Preta se classificou para a finalíssima.

29.09.1971- Fluminense de Feira 0x0 Fortaleza
29.09.1971- Ponte Preta 1x1 Botafogo
03.10.1971- Fluminense de Feira 3x0 Botafogo
06.10.1971- Ponte Preta 1x0 Fortaleza
09.10.1971- Ponte Preta 2x1 Fluminense de Feira
10.10.1971- Fortaleza 2x1 Botafogo


FINAL

13.10.1971- Ponte Preta 1x0 Atlético
17.10.1971- Atlético 1x0 Ponte Preta
19.10.1971- Atlético 1-0 Ponte Preta

FICHA DO 3° JOGO DECISIVO - ATLÉTICO 1 x 0 PONTE PRETA
Data: 19/10/1971 - Local: Goiânia - Renda: Cr$: 26.881,00
Árbitro: Urias Alves Júnior - Gol: Luisinho, aos 14 minutos da prorrogação.

ATLÉTICO: Pedro Bala; Dida, Marcos, Dung e João Alves; Zé Geraldo e Dezoito; Claudinho, Dade, Pagueti e Raimundinho (Luisinho).

PONTE PRETA: Valdir Peres; Marinho, Dagoberto, Vicente e Santos; Ferreirinha e Serginho; Ditinho, Bôsco (Téia), Manfrini e Pedro Paulo (Adilson).


Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva.
Fontes: Placar 21/05/1971, pág. 20; Placar, 16/07/1971, pág. 29; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 12 de julho de 2016.