Arquivo
  Especiais
  + Futebol
São Raimundo SÃO RAIMUNDO ESPORTE CLUBE
Fundado em 18 de novembro de 1918
Endereço: Rua Rio Branco, 55 - CEP 69027-000
Bairro de São Raimundo - Manaus/AM
Estádio Ismael Benigno (Colina)
Site Oficial: indisponível
 História  |  Títulos  |  Hino  |  Curiosidades   |  Estádio  |  Diversos    + CLUBES
Estádio da Colina
Maquete do Novo Estádio da Colina 2013
O Estádio Ismael Benigno (ao lado, foto de 2012), é um dos maiores símbolos do futebol amazonense, e também representa uma espécie de ponto de encontro da torcida. Erguendo-se na parte mais alta do bairro de Santo Antônio, é chamado carinhosamente de Colina, recebendo os torcedores de todas as torcidas e alguns dos nomes consagrados do futebol brasileiro.

Quem chega pela primeira vez, jamais imaginaria o que foi a Colina há anos atrás. Em 1952, o então governador do Amazonas, Plínio Coelho, e o presidente do clube, Ismael Benigno, trocaram uma parte do terreno da sede do São Raimundo pelo local onde seria construído o Estádio. Não havia grama, marcações ou se quer uma cerca. Tudo era apenas um matagal vazio.

No dia 18 de novembro daquele ano, o São Raimundo entraria em seu campo pela primeira vez. Sem gramado, num chão terraplenado por máquinas, o time enfrentaria o time da Serraria Hore, numa partida tão modesta quanto o palco de jogo, mas percussora das alegrias que o futebol protagonizaria.
É apenas em 1961, com recursos próprios e no esforço do presidente Ismael Benigno, que as primeiras construções são realizadas. No dia 19 de fevereiro o São Raimundo recebe o Sport do Recife, e na primeira grande festa do que passou a se chamar Estádio Gilberto Mestrinho, agora com arquibancadas e vestiários, 1.000 torcedores assistem a uma goleada de 8 x 1 do time pernambucano sobre o anfitrião.

Em 1964, finalmente o Estádio recebe um alambrado. E em 1967, mais uma vez o São Raimundo faz história, promovendo após cerca de 20 anos, um jogo noturno. No dia 18 de fevereiro de 1967, acontece a primeira "Festa da Luz". Mais uma vez o time da casa não é feliz, e perde por 3 a 1 para o Nacional. Diante de 4.386 pagantes, o São Raimundo oferece à noite manauense o futebol como lazer.

Somente em 1977 na administração do presidente Raimundo Sena, o Estádio volta a receber obras. Desta vez o Conselho do clube decide pela troca do nome, que de Gilberto Mestrinho passa a se chamar Ismael Benigno, em homenagem ao presidente falecido três anos antes.

Saem as arquibancadas de madeira e entra o cimento. Um quadrangular é disputado entre os donos da casa, o Nacional, o Fast e a Rodoviária. Vitória final do Fast, diante do que seria a última reforma até a nova era de conquistas e avanços do São Raimundo, iniciada em 1996.
O São Raimundo vem desde de 1997 investindo em sua própria casa, e o terreno abandonado de 1952 transformou-se numa imponente construção reformada e ampliada, enchendo de orgulho a torcida.

Em 1997 o cenário era desagradável. Sem iluminação, com os alambrados parcialmente destruídos e até sem gramado, o Estádio Ismael Benigno não oferecia condições de conforto para jogadores, torcedores e imprensa. O futebol havia se tornado impraticável na Colina.

O início do trabalho vitorioso do diretor de futebol, Ivan Guimarães, permite realizar a primeira reforma. São trocados os degraus quebrados da arquibancada, o piso recebe grama e drenos, e uma iluminação é instalada para os jogos noturnos.

No ano 2000 o sonho de um Estádio digno das últimas temporadas de glória concretiza-se. São colocados mil assentos nas arquibancadas cobertas, reformadas as seis cabines de rádio, disponibilizadas cadeiras cativas, e toda a estrutura é melhorada. Vem a segunda "Festa da Luz", realizada no dia 4 de agosto e com ela um 5 a 0 na seleção de Suriname.

O Estádio recebe uma das melhores iluminações de todo o mundo. Quatro torres com 35 refletores cada, num total de 140 lâmpadas, são instalados com a tecnologia Philips. O resultado é o reencontro definitivo do time e da torcida com a Colina, numa série de jogos com grandes públicos e partidas memoráveis.

Para o time um vestiário com banheiras de hidromassagem, departamento médico, dez chuveiros e uma infra-estrutura pronta para atender qualquer necessidade dos atletas, antes, durante e após as partidas. São 105m x 68m de campo, e quase cinco décadas de futebol.
Reforma para a Copa do Mundo de 2014

Maquete do Novo Estádio da Colina 2013A reforma do estádio Ismael Benigno, anunciada em 2009, finalmente saiu do papel (veja como ficará na maquete ao lado). De acordo com informações da assessoria da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), a licitação do projeto foi aprovada no dia 24 de janeiro, a empresa escolhida para comandar os trabalhos foi a Tecnologia em Construções Ltda. (Tecom).
A presidente da República, Dilma Rousseff liberou, em junho de 2012, R$ 21 milhões para a reforma do estádio que será um dos Campos Oficiais de Treinamentos (COTs) da Copa do Mundo da Fifa de 2014, em Manaus, mas o valor total da obra deve ficar em R$ 16 milhões. A reforma da Colina seguirá todas as exigências da entidade máxima do futebol. Com capacidade para receber 10 mil pessoas, com 200 vagas de estacionamento e acessos exclusivos para jogadores, imprensa e público. O gramado também seguirá os mesmos padrões da Arena da Amazônia.

Os recursos para a reforma do estádio, pertencente ao São Raimundo, que consistirá em um dos legados deixados pela Copa do Mundo em Manaus, serão liberados via Ministério dos Esportes pela Caixa Econômica Federal, que analisou o projeto.
Pesquisa personalizada
Fonte das Informações: www.saorai.com.br, acessado em dezembro/2004; www.acritica.uol.com.br; e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva
Página adicionada em 03 de fevereiro de 2013.
 História  |  Títulos  |  Hino  |  Curiosidades   |  Estádio  |  Diversos    + CLUBES
Arquivo Campeões do Futebol - www.campeoesdofutebol.com.br - Desenvolvido e mantido por Sidney Barbosa da Silva - Desde 2005
* Permitido a reprodução de todo conteúdo desde que citada a fonte e o Autor/Pesquisador