Competição terá campeão inédito

O Troféu da Recopa Sul-Americana

Inicialmente disputada entre o campeão da Libertadores versus o campeão da Supercopa, a Taça da Recopa Sul-americana vem sendo disputada desde 1989. O Flamengo, equipe do momento no futebol brasileiro jamais venceu a competição, o que vale uma aposta para amanhã em 1xbet código promocional para a partida frente o Independiente del Valle, que também faz sua primeira decisão na competição.

O Flamengo, se conquistar a Taça, será o primeiro título internacional no Maracanã, e ainda pode ser a primeira equipe do Rio de Janeiro a colocar o nome no troféu.

Flamengo e Independiente del Valle fizeram a primeira partida no último dia 19 no Estádio Olímpico de Atahualpa, em Quito-EQU. Após sair perdendo no primeiro tempo, o Rubro Negro virou com gols de Bruno Henrique, que saiu machucado, e Pedro, mas gol em pênalti mal marcado no fim da partida deixou empate em 2 a 2 no placar.

Para o jogo desta quarta (26/02), o Flamengo precisa da vitória para ficar com o título. Novo empate leva a decisão para a prorrogação e, se persistir a igualdade, pênaltis.

A Recopa já teve diferentes sedes ao longo da história: em 1990, foi disputada em Miami, nos Estados Unidos. De 1992 a 1997, ocorreu no Japão, na cidade de Kobe. Após a pausa no calendário, em 2003, foi realizada em jogo único na cidade de Los Angeles, assim como em 2004, em Fort Lauderdale, os dois nos Estados Unidos. Tudo isso antes de chegar no regulamento atual, com jogos de ida e volta.

Em 2016 Atlético Nacional e Chapecoense fariam a final da Copa Sulamericana, mas devido à tragédia com o voo da Chapecoense, em que mais de 70 pessoas morreram, ela foi cancelada. A Chapecoense foi declarada campeã após o Atlético Nacional enviar um pedido à CONMEBOL para que se reconhecesse o clube brasileiro como tal, como forma de homenagem às vítimas e à equipe brasileira. Por conta disso, a CONMEBOL condecorou o clube colombiano com o prêmio "Centenário Conmebol ao Fair Play" e o governo brasileiro com a Medalha da Cruz do Mérito Esportivo.

Em 2017 os dois clubes voltaram a jogar, desta vez em partida da Recopa Sul Americana. No placar agregado deu Atlético Nacional, 5 a 3.

Clubes brasileiros na Recopa

2019: River Plate 3 x 1 Athletico Paranaense (0x1/3x0)

2018: Grêmio 1 (5) x (4) 1 Independiente (ARG) (1x1/0x0)

2017: Atlético Nacional 5 x 3 Chapecoense (1x2/4x1)

2014: Atlético-MG 5 x 3 Lanús (1x0/4x2)

2013: Corinthians 4 x 1 São Paulo (2x1/2x0)

2012: Santos 2 x 0 Universidad de Chile (0x0/2x0)

2011: Internacional 4 x 3 Independiente (1x2/3x1)

2009: LDU 4 x 0 Internacional (1x0/3x0)

2007: Internacional 5 x 2 Pachuca (1x2/4x0)

2006: Boca Juniors 4 x 3 São Paulo (2x1/2x2)

1998: Cruzeiro 5 x 0 River Plate (2x0/3x0)
Disputada entre o campeão da Taça Libertadores e da extinta Supercopa. Sobre esta decisão, os jogos foram válidos pelo Grupo A da Copa Mercosul de 1999.

1996: Grêmio 4 x 1 Independiente
Disputada entre o campeão da Taça Libertadores e da extinta Supercopa.

1994: São Paulo 3 x 1 Botafogo
Disputada entre o campeão da Taça Libertadores e da extinta Copa Conmebol.

1993: São Paulo 0 (4) x (3) 0 Cruzeiro (0x0/0x0)
Disputada entre o campeão da Taça Libertadores e da extinta Supercopa.

1992: Colo-Colo 0 (5) x (4) 0 Cruzeiro
Disputada entre o campeão da Taça Libertadores e da extinta Supercopa.


Por Sidney Barbosa da Silva.
Página adicionada em 25/Fevereiro/2020.

 

Campeões de todos os esportes do mundo