Historia da Copa do Mundo de 1930

O torneio de futebol mais antigo das nações do mundo e o mais importante da América Latina está programado para acontecer novamente este ano, em 2021, tendo a Argentina e a Colômbia como sede, entre junho e julho de 2021. Desde 1983 não se disputava a Copa América em dois países diferentes, e este ano teremos algumas outras inovações, como os zoneamentos para os jogos e coisas do tipo.

Vejamos então quem são os maiores vencedores da Copa América até hoje! Apesar da diversidade de vencedores, há três times que dominaram a história do campeonato. Uruguai, Argentina e Brasil somam, entre os três, 38 dos 46 títulos conquistados na história da Copa.

As três seleções deixaram apenas oito títulos em mãos de outros países desde 1916, quando foi disputada a primeira edição do torneio. Os cinco sortudos são Chile, Peru, Paraguai, Bolívia e Colômbia. Este texto vai servir como seu detector de plágio online grátis para retrucar seu amigo que acha que sabe mais do que você sobre futebol latino-americano.

Uruguai: o mais vencedor e constante da Copa América

O Uruguai é o time que mais venceu a Copa América com 15 títulos em sua história, incluindo 1916, disputados na comemoração do centenário da independência da Argentina. Nessa primeira edição, brilhou Isabelino Gradín, uruguaia de ascendência africana que terminou como a artilheira do campeonato, segundo a fundação de estatísticas do futebol RSSSF.

O brilho das seleções históricas que Argentina e Brasil tiveram, que tiveram lendas como Diego Maradona e Pelé, não foi suficiente para arrebatar aos uruguaios o domínio no continente, conquistado com gols de jogadores como Pablo Bengoechea, Fernando Moreno e Diego. Forlán.

A história dos 14 títulos argentinos na Copa América

A seleção argentina é uma das mais premiadas há mais de 100 anos que a Copa América é uma das mais premiadas. Ultrapassa o Brasil em títulos e está a apenas um campeonato atrás de seu vizinho do Rio de la Plata, o Uruguai.

No início do século 20, a Argentina era o único time capaz de arrancar os títulos do Uruguai de Romano, numa época em que o Brasil decidia não participar de várias edições do torneio.

Os argentinos venceram o campeonato em 1921, 1925, 1927, 1929, 1937, 1941, 1945, 1946 e 1947. Nos primeiros anos da história do torneio, jogadores de futebol como Manuel Seoane, José Manuel Moreno, Alfredo Di Stéfano e Norberto Méndez brilharam.

Em 1947, a Argentina era o time mais vencedor da história da Copa América, somando nove campeonatos contra os oito, então, do Uruguai. O time conseguiu revalidar seu domínio com os títulos conquistados em 1955, 1957 e 1959. Este último foi um dos mais importantes de sua história ao vencer Pelé no Brasil.

A trajetória de ouro dos argentinos na Copa teve uma seca de 32 anos, embora nesse período a seleção tenha vencido as Copas de 1978 e 1986. A vitória no torneio voltou das mãos do atacante Gabriel Omar Batistuta em 1991 e 1993 e sem Maradona, que nunca poderia ganhar o campeonato.

Desde então, a Argentina nunca mais foi campeã de nenhum título internacional, em uma sequência negativa que completa 26 anos, a mais longa da história do futebol.

O Brasil tem nove títulos e está um passo atrás do Uruguai e da Argentina

A seleção brasileira que lidera a lista dos campeões mundiais de futebol está um passo atrás do Uruguai e da Argentina na história da Copa América. Em 36 participações no torneio já foi campeã nove vezes.

Durante a primeira metade do século 20, o Brasil conseguiu arrebatar os títulos de 1919, 1922 e 1949 da Argentina e do Uruguai.

A seleção nacional teve que esperar até 1989 para erguer novamente a Copa América, apesar da notoriedade de jogadores como Pelé, Garrincha e outras grandes figuras que conquistaram as Copas do Mundo de 1958, 1962 e 1970.

O Brasil conquistou seu quarto troféu na Copa América com o surgimento dos atacantes Bebeto e Romário, que formaram uma dupla letal na edição de 1989. Também alcançaram outros quatro títulos em 1997, 1999, 2004 e 2007. Os Brasileiros naqueles Anos de extenso domínio no futebol, eles venceram quatro dos cinco torneios da Copa América e a Copa do Mundo de 2002.

De 1997 a 2007, a equipe teve sua principal estrela em Ronaldo Nazário, em meio a talentos como Rivaldo, Ronaldinho, Adriano e Robinho. Desde esses quatro campeonatos, o Brasil não foi mais coroado e ficou em segundo plano nas últimas três edições do torneio.

Os outros cinco times campeões da Copa América

Os peruanos venceram em 1939 e 1975. Conquistaram o primeiro título em seu país, em um campeonato ao qual Argentina e Brasil decidiram não ir e sob a direção do inglês Jack Greenwell, o único técnico europeu a ter vencido a Copa América até então. Foi um ensaio para o que viria a seguir.

O Paraguai conquistou os títulos da Copa América em 1953 e 1979. Os "Guaraníes", ao vencerem seu primeiro campeonato, derrotaram o Brasil e o Uruguai, que haviam disputado a final da Copa do Mundo de 1950 três anos antes. A seleção paraguaia voltou a ser campeã em 1979.

A seleção chilena, por sua vez, demorou 99 anos para conquistar seu primeiro título na Copa América. Ele fez isso em 2015 com um time comandado pelos meio-campistas Alexis Sánchez e Arturo Vidal, que conquistariam o bicampeonato no centenário do torneio, em 2016. Os chilenos venceram a Argentina nas duas finais em partidas que foram definidas com chutes de ponta. pena.

Bolívia e Colômbia completam o recorde da Copa América com um título para cada um. Os bolivianos venceram a edição de 1963 que foi realizada em seu país e onde tiveram como principais aliados o atacante Ramiro Blacut e no auge de suas cidades para vencer os times mais poderosos do continente.

A seleção colombiana conquistou seu único título da Copa América em uma partida intensa na final contra o México, em Bogotá, onde o zagueiro Iván Ramiro Córdoba fez o único gol da partida e o mais importante do campeonato.


Por Sidney Barbosa da Silva
Página adicionada em 24/Fevereiro/2021.