Arquivo
   Especiais
   + Futebol
+ NOTICIAS  

Shakhtar conquista a última edição da Copa Uefa

20/05/2009 (Quarta-feira)       Fonte: www.gazetaesportiva.net

 

Com gols brasileiros, Shakhtar bate Werder e leva a última Uefa

O troféu de campeão da Copa da Uefa vai pela primeira e última vez para a Ucrânia. Na decisão desta quarta-feira, o Shakhtar Donetsk levou a melhor sobre o Werder Bremen e venceu por 2 a 1, com gol marcado pelo brasileiro Jadson no primeiro tempo da prorrogação.

Os outros gols da final disputada no estádio Sukru Saraçoglu também foram brasileiros. Luiz Adriano, aos 25 minutos da etapa inicial, abriu o placar, e o zagueiro Naldo, dez minutos depois, empatou para os alemães. Willian, Ilsinho e Fernandinho, todos no time ucraniano, foram os outros representantes do país na partida.

Esta foi a primeira vez que um time da ex-república soviética faturou o título do segundo mais importante torneio interclubes do Velho Continente. A Alemanha segue com seis conquistas, nenhuma com o Werder, que não poderá mais sentir o sabor de levantar a taça. A partir da próxima temporada, a Copa da Uefa será substituída pela Liga Europa, que terá um formato diferente.

O título coroa a bela campanha do time do romeno Mircea Lucescu na competição. Em nove jogos, foram seis vitórias, dois empates e só uma derrota. O Werder, por sua vez, ainda pode conquistar um título na temporada. No próximo dia 30, decide a Copa da Alemanha contra o Bayer Leverkusen.
 
O jogo: Apostando na velocidade de seu quinteto brasileiro, o Shakhtar começou a decisão no ataque. Logo aos cinco minutos, Fernandinho achou Luiz Adriano, que bateu de direita. A bola passou muito perto da trave. Melhor em campo, os ucranianos chegavam principalmente pela direita, com Ilsinho e o capitão Srna. Já ao Werder, sem Diego, suspenso, se defendia como podia.

E foi justamente quando começaram a tomar mais iniciativa que os alemães foram vazados. Depois de criar chances com Fritz e, logo em seguida, com Ozil, o Werder bobeou na defesa aos 25 minutos. E o erro custou caro. Jadson avançou com liberdade e deu bom lançamento para Luiz Adriano, que só tocou na saída de Wiese para abrir o placar.

O tento animou o time ucraniano. Logo na sequência, Luiz Adriano recebeu na esquerda e bateu para fora, quase marcando seu segundo na partida. Aos 35 minutos, porém, em jogada de bola parada, a equipe de Bremen chegou ao empate: Naldo cobrou com violência falta sofrida por Rosenberg na entrada da área. O goleiro Pyatov até tentou segurar, mas mandou a bola para o fundo das próprias redes.

Superior na etapa inicial, o Shakhtar ainda criou duas boas chances antes do intervalo. Primeiro com Lewandowski, que soltou uma bomba do meio da rua e obrigou Wiese a fazer difícil defesa. Nos acréscimos, o ataque brasileiro funcionou bem novamente, mas o chute de Willian saiu desviado.

E o segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro, com o Shakhtar exercendo forte pressão. Em seis minutos, Wiese salvou o Werder Bremen duas vezes, em cobranças de falta do capitão Srna e do ex-corintiano Willian. Os alemães também assustavam na bola parada. Após escanteio da esquerda, Naldo rolou para Ozil, que pegou mal e mandou para fora.

Com o passar do tempo, porém, as equipes passaram a se arriscar pouco e já pareciam conformadas com a prorrogação. Tanto que a primeira substituição veio apenas aos 32 minutos, com Hunt entrando no lugar de Rosenberg no ataque dos germânicos. O próprio Hunt, logo depois de entrar, mandou para fora a melhor chance de gol antes do apito final do árbitro.

O que faltou de emoção na etapa final sobrou no primeiro tempo da prorrogação. Logo no início, Fernandinho e Ozil saíram de frente para o gol, mas não aproveitaram. Jadson, porém, não perdeu sua chance. Aos sete minutos, recebeu de Srna e bateu de primeira. Wiese chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol. O Werder ainda pressionou, chegou a ter um gol marcado por Pizarro anulado, mas ficou com o vice.

FICHA TÉCNICA - SHAKHTAR DONETSK 2 X 1 WERDER BREMEN
Local: Estádio Sukru Saraçoglu, em Istambul (Turquia) - 20 de maio de 2009, quarta-feira, 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Luis Medina Cantalejo (Espanha); Assistentes: Jesús Calvo Guadamuro e Roberto Diaz Perez del Palomar (ambos da Espanha)
Cartões amarelos: Srna, Lewandowski e Ilsinho (Shakhtar) Frings, Fritz, Tziolis e Boenisch (Werder Bremen)
Gols: SHAKHTAR: Luiz Adriano, aos 25 minutos do primeiro tempo, e Jadson, aos sete minutos do primeiro tempo da prorrogação; WERDER: Naldo, aos 35 minutos do primeiro tempo

SHAKHTAR DONETSK: Pyatov; Srna, Chygrynskiy, Kucher e Rat; Lewandowski, Fernandinho, Ilsinho (Gai), Jadson (Duljaj) e Willian; Luiz Adriano (Gladkiy). Técnico: Mircea Lucescu

WERDER BREMEN: Wiese; Fritz (Pasanen), Prodl, Naldo e Boenisch; Frings, Baumann, Niemeyer (Tziolis) e Ozil; Rosenberg (Hunt) e Pizarro. Técnico: Thomas Schaaf
 
Veja » História e Campeões da Copa UEFA
 
+ NOTICIAS  
Pesquisa personalizada
Arquivo Campeões do Futebol - www.campeoesdofutebol.com.br - Desenvolvido e mantido por Sidney Barbosa da Silva