Arquivo
   Especiais
   + Futebol
+ NOTICIAS  

Assu conquista em Caicó o título inédito de Campeonato Estadual 2009

02/05/2009 (Sábado)       Sidney Barbosa

 

O campeão do primeiro turno, que também já tinha garantido a Copa do Brasil do próximo ano, o Assu, é agora também o grande vencedor do Campeonato Estadual 2009 e o representante do RN na Série D do Brasileirão. Isso porque o time perdeu para o Potyguar de Currais Novos por apenas 2 a 1 - podia ser derrotado por até dois gols de diferença - no estádio Marizão, em Caicó, nesta sexta-feira (1), e garantiu o título inédito na história do clube.

Com uma vantagem conquistada no primeiro jogo, disputado em Assu, quando venceu por 4 a 1, o Assu jogou como se diz, "como o regulamento embaixo do braço", e, mesmo tendo feito dois gols contra e marcado apenas um a favor, o Camaleão do Vale conquistou o Estadual. "Víamos bem nos outros anos e, desta vez, finalmente chegamos ao título. Agora, é só comemorar", afirma o presidente do clube, Daílson Machado, após o jogo.

Ao Potyguar de Currais Novos, restou o prêmio de consolação: a vaga na Copa do Brasil de 2009. Além disso, é importante lembrar que os dois times já haviam entrado para a história do Campeonato. Até este ano, nunca o título tinha sido decido por times que não fizessem parte do eixo Natal-Mossoró.
 
O Jogo

A chuva e o vento forte não afastaram a torcida de Assu de uma verdadeira invasão ao Marizão em Caicó. Da mesma forma que os curraisnovenses não desistiram mesmo com o placar contra de 4 a 1. Melhor para os jogadores dos dois times, que foram contagiados pelo apoio vindo da arquibancada. Logo nos primeiros minutos, o goleiro do Assu, Erasmo, teve que trabalhar e fazer uma defesa "no susto" no belo chute de Leandro.

Depois não teve como Erasmo evitar que o Assu sofresse com o fogo amigo aos 32 minutos do primeiro tempo. Cobrança de falta de Leandro e o assuense Lano desviou de cabeça e mandou contra as próprias redes: 1 a 0 Potyguar. Quatro minutos depois, o Camaleão jogou um balde de água fria no ímpeto seridoense. Leandro Mineiro cobra falta, o goleiro Nilson bate-roupa, e Luciano Paraíba pegou o rebote e tocou entre as pernas do arqueiro, empatando o placar.

No segundo tempo, mais fogo amigo contra o Assu. Nininho cobrou falta da direita e novamente o zagueiro alviverde desviou de cabeça e mandou para o fundo do gol. Erasmo ficou mais uma vez batido no lance. Com mais um atacante em campo, com Roberto no lugar de Roquete, o Potyguar continuou em cima do adversário e quase ampliou a vantagem aos 21 minutos. Leandro cobra falta e a bola bate no travessão.

O terceiro gol que poderia dar uma esquentada ainda maior no jogo acabou não saindo. Mas nem por isso a partida não foi dividida dentro de campo. Como forma de barrar o contra-ataque rápido do Assu, Jeferson cometeu falta dura em Luis Carlos e recebeu o segundo amarelo e o vermelho. Dez minutos depois, aos 40 da etapa final, o meia Thiago é outro curraisnovense a levar o vermelho e deixar o gramado.

Chorando no vestiário, o jovem camisa 10 do Potyguar viu o adversário apenas administrar os últimos minutos e ficar com o título inédito.

Ficha técnica: POTIGUAR-CN 1 x 2 ASSU
Árbitro: Suelson Diogenes; Assistentes: Milton Otaviano dos Santos e Adeilma Luzia da Silva
Data: 01/05/2009 - 17 horas
Estádio: Marizão (Caicó) - Público pagante: 1.456 - Renda: R$ 32.280

Potyguar-CN: Nilson; Leandro, Everaldo, Jefersson e Nininho; Roquete (Roberto), Emerson, Gil Pernambucano e Thiago; Quirino e Carlinhos (Maceió). Técnico: Neto Mathias

Assu: Erasmo; Tiago, Pedro (Jefersson), Pantera e Ribamar; Lano, Alan, Alisson e Leandor Mineiro; Marcelo Assu (Somália) e Luciano Paraíba (Luís Carlos). Técnico: Hugo Sales

Fonte: Tribuna do Norte
 
Veja » Campeões do Rio Grande do Norte


 
+ NOTICIAS  
 PUBLICIDADE
Arquivo do Corinthians Paulista
veja como anunciar
Pesquisa personalizada
Arquivo Campeões do Futebol - www.campeoesdofutebol.com.br - Desenvolvido e mantido por Sidney Barbosa da Silva