HISTÓRIA DO EXTINTO INDUSTRIAL DE ARACAJU


SC Industrial de Aracaju  SPORT CLUB INDUSTRIAL
  Fundado em 1917 - Extinto em 1924
  Endereço: Aracaju/SE
  Local dos jogos: Campo do Bairro Siqueira Menezes


+ Clubes do Brasil Clubes do Mundo Clubes Amadores + FUT-SERGIPE


O Industrial surgiu como clube representante da Fábrica Sergipe Industrial do bairro da zona norte, em Aracaju. Participou do primeiro campeonato “oficial” sergipano de 1918. A disputa organizada pela Liga Desportiva Sergipana teve quatro equipes: Industrial, Cotinguiba, 41º Batalhão FC e Sergipe.

Em 1919, com o enorme sucesso do certame de 1918, os clubes passaram a importar os melhores jogadores da Bahia. Industrial e Cotinguiba foram os maiores importadores. E quando se pensava que o certame de 1919 seria o mais espetacular, rebentou uma crise inesperada. Devido ao grande número de jogadores vindos de Salvador, a LDS regulamentou o assunto, fixando um prazo mínimo de permanência dos baianos na Capital. O Industrial (que tinha 90% de baianos) protestou e, da acirrada “briga administrativa” resultou a sua desfiliação da LDS. Com dois clubes apenas, (Sergipe e Cotinguiba) não houve campeonato naquele ano.

Quando o “Adolfo Rolemberg” foi inaugurado em 1920, Aracaju passou a desfrutar da primazia de possuir o mais moderno estádio da região nordeste. Pela euforia do acontecimento a Liga perdoou o Industrial, que voltou às lides futebolísticas. Mesmo com apenas três clubes filiados, organizou-se o primeiro campeonato no novo estádio. Tudo parecia bem quando outra crise estourou: devido a uma punição sofrida por um jogador de seu 2º quadro, o Sergipe se indispõe com Liga e abandonou o campeonato principal (ainda no 1º turno). O título então teve de ser decidido entre Industrial e Cotinguiba, que ficou com o título.

A extinção

Na decisão do título de 1923 (no início de 1924) outra crise estourou no futebol sergipano. Desta vez com graves conseqüências. Por causa de uma penalidade máxima assinalada pelo juiz baiano Oscar Coelho, contra o Industrial (o jogo estava 1x1) o “tempo fechou”. Os atletas do clube proletário se insurgiram contra o juiz, provocando um enorme tumulto que culminou com a retirada de campo do clube alvinegro.

No dia seguinte, o patrono do clube, o industrial Teles Farraz que presenciara o acontecimentos convocou uma Assembléia Geral, decidindo pela extinção da agremiação operária.

Curiosidade

No primeiro campeonato oficial (1918) a Liga Desportiva escalou os seguintes “referee’s: Alfredo Roque (centro-avante do Sergipe), Luiz Farias (do Industrial), Carlito Neves (atacante do Cotinguiba), Maninho Cruz (centro-médio do Sergipe).

Participações no estadual: 1918, 1920, 1921, 1922 e 1923

Títulos:
1 Campeonato Sergipano 1921
1 Festival Esportivo 1922 (Comemorações promovidas no Estado pela Batalha Naval de Riachuelo)

JOGOS CATALOGADOS DO CLUBE - 1° e 2° QUADROS - COMBINADOS
EQUIPE PRINCIPAL - 1° QUADRO

ANO 1918
28/07- Industrial 1 x 4 Sergipe, Estadual
04/08- Industrial 2 x 0 41º Batalhão, Estadual
25/08- Industrial 0 x 4 Cotinguiba, Estadual
01/09- Industrial 3 x 2 Cotinguiba, Estadual
22/09- Industrial 0 x 0 Sergipe, Estadual

ANO 1919
11/05- Industrial 3 x 2 Cotinguina, Amistoso
22/06- Industrial 0 x 0 Sergipe, Torneio Festivo
22/06- Industrial 0 x 0 Cotinguiba, Torneio Festivo

O Torneio Festivo de 1919 foi um triangular de entrega das medalhas ao campeão e vice do ano de 1918. A escalação titular do Industrial nos jogos foi: Victorino; João Lima e Galdino; Couto, Amado e Lulu Bian; Chicão, Juarez, Aloysio, Osvaldo e Norberto. Os reservas foram: Antonio, Manuel e Alberto.

ANO 1920
12/09- Industrial 0 x 0 Cotinguiba, Torneio Início - nos escanteios, Cotinguiba 1 a 0.

ANO 1921
não temos arquivo deste ano

ANO 1922
11/06- Industrial 1 x 0 Cotinguiba, Festival Esportivo
01/08- Industrial 0 x 0 SC Penedense, Amistoso
01/10- Industrial 2 x 0 Aracaju, n/d

ANO 1923
04/10- Industrial 0 x 2 Sergipe, Estadual
10/11- Industrial 9 x 0 Aracaju, Estadual
25/11- Industrial 1 x 2 Cotinguiba, Estadual

ANO 1924
../..- Industrial 1 x 1 Cotinguiba, Estadual de 1923
Depois desta partida, no dia seguinte, o clube foi extinto.
EQUIPE RESERVA - 2° QUADRO

ANO 1918
04/08- Industrial 2 x 0 41º Batalhão, Estadual
01/09- Industrial 3 x 6 Cotinguiba, Estadual
22/09- Industrial 1 x 1 Sergipe, Estadual

ANO 1919
não temos o arquivo

ANO 1920
12/09- Industrial 0 x 3 Cotinguiba, Torneio Inicio

ANO 1921
não temos o arquivo

ANO 1922
01/10- Industrial 1 x 0 Aracaju, Estadual

ANO 1923
04/10- Industrial 2 x 2 Sergipe, Estadual
10/11- Industrial 1 x 2 Aracaju, Estadual
25/11- Industrial 0 x 0 Cotinguiba, Estadual

COMBINADOS

Em 31 de julho de 1921, Sergipe e Cotinguiba se uniram num combinado para enfrentar o Industrial, jogo que terminou com vitória do combinado por 1 a 0. Após o gol de Roque, um jogador do Industrial, Marcos, reclamou de impedimento de modo ofensivo, sendo expulso de campo. Inconformada a equipe do Industrial abandonou o gramado.

No mesmo dia (31 de julho de 1921), os segundos quadros de Industrial e Cotinguiba fizeram um combinado para jogo amistoso contra o Sergipe. Venceu o combinado por 1 a 0.

Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva.
Fonte: Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada em 01/Janeiro/2018 - atualizada em 11/Janeiro/2018.

 

Shopping Campeões do Futebol

Ir ao Topo