Sima no Tiradentes do Piauí BIOGRAFIA DE SIMA

"O MAIOR ARTILHEIRO DO NORTE-NORDESTE"

(Ao lado, Sima com a camisa do Tiradentes-PI)



Di Stéfano Pelé Puskas Gilson Lira     + CRAQUES

       

O PELÉ DO NORTE / NORDESTE DO BRASIL

ESTATISTICAS
Nome: Simão Teles Bacelar
Data nasc.: 07 de março de 1948, em Miguel Alves/PI
Clubes: Piauí, Tiradentes, River, Flamengo e Auto Esporte (todos de Teresina), Bahia (de Salvador), Sport (de Recife), Moto Clube (de São Luis), Rio Negro (de Manaus), Sergipe (de Aracajú), Leônico (de Simões Filho) e Ferroviário (de Fortaleza).
Titulos: Campeonato Piauiense em 1967, 1968 e 1969, pelo Piauí; 1974, 1975 e 1985, pelo Tirandetes; 1977, 1978, 1980, pelo River; 1982, pelo Auto Esporte; Campeão Sergipano em 1982 pelo Sergipe.

Simão Teles Bacelar, o Sima

Autor de mais de 500 gols como profissional (alguns pesquisadores apontam 530 e outros 550, todos em partidas oficiais), marcados entre 1966 e 1987,o maior goleador do futebol brasileiro no eixo norte-nordeste, o ex-atleta profissional Sima, foi considerado o Pelé do Nordeste.

Simão Teles Bacelar nasceu no povoado Matões, município de Miguel Alves, interior do Piauí, no dia 7 de março de 1948. Ainda criança foi para Teresina, onde fixou residência. Antes de deslanchar no futebol profissional, Sima disputou o I Torneio Intermunicipal de 1967 defendendo a Seleção de Barras e terminou como artilheiro principal do certame, com 12 gols. A partir de então despontou como um dos maiores goleadores do país.

O piauiense perde apenas para nomes como Pelé, Romário, Túlio, Zico, Roberto Dinamite, Cláudio Adão, Dadá Maravilha, Friedenreich e Pinga..Deixou o futebol profissional em 1987, mas continua atuando no futebol amador regularmente.

Jogou profissionalmente no Piauí, Tiradentes, River, Flamengo e Auto Esporte (todos de Teresina), Bahia-BA, Sport-PE, Moto Clube-MA, Rio Negro-AM, Sergipe-SE, Leônico-BA e Ferroviário-CE. Foi dez vezes campeão piauiense e uma vez campeão sergipano. Foi o goleador principal do Campeonato Piauiense em 1968 (10 gols), 1969 (12 gols), 1970 (21 gols), 1971 (16 gols), 1974 (15 gols), 1975 (17 gols), 1977 (33 gols), 1978 (24 gols), 1979 (27 gols) e 1983 (22 gols).

Sima é conhecido no Piauí como a "Lenda Viva" do futebol e como o nordestino mais injustiçado da história pela seleção brasileira que disputou a Copa do Mundo de 1978. Ele está também na lista dos 20 maiores artilheiros do mundo, segundo a Fifa. Sima, segundo dados do pesquisador, o jornalista Severino Filho, é ainda o maior artilheiro do futebol piauiense, com 265 gols marcdados entre 1966 e 1987, quando encerrou a carreira pelo Ríver, 180 gols à frente do segundos colocado, Valdinar com 85 gols (entre os anos de 1954 e 1963).

Em toda a carreira como profissional, incluindo jogos oficiais e amistosos, soma 550 gols, o que lhe dá a condição de maior artilheiro do Norte/Nordeste do Brasil. Por nunca ter sido punido pela Justiça Desportiva, foi distinguido pela CBF com o Prêmio Belfort Duarte, conferido aos atletas mais disciplinados do país.

Sima no Tiradentes do PiauíListagem de gols (incompleta)

River-PI (1977 a 1983 e 1987) - 185 gols
Piauí-PI (1966 a 1971 e 1984 a 1986) - 156
Tiradentes-PI (1973 a 1976) - 93
Auto Esporte-PI (1983/1984) - 30
Ferroviário-CE (1981) - 12
Seleção de Barra-PI - 12
Flamengo-PI - 10
Moto Clube-MA - 09
Bahia-BA - 09
Seleão Piauiense - 04
Seleão da Agpi - 04
Sergipe-SE - 02
Seleção Prata de Casa-PI - 02
Leônico-BA - 02
Seleção de Teresina - 01
T o t a l: 529 gols (Lista incompleta)

Números de Sima em Brasileiros da Série A
Campeonatos disputados: 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1977, 1978, 1979, 1981, 1982, 1984, 1986 e 1987.
Total de jogos: 138 partidas disputadas.
Vitórias: 36; empates: 37; derrotas 65.
Gols marcados: 52.
Clubes que mais enfrentou: América/RN, Botafogo/RJ e Ceará/CE, todos em sete ocasiões.

Homenagens
Entre outras homenagens, Sima já foi condecorado com a Ordem do Mérito Renascença do Piauí, no grau de Cavaleiro (pelo Governador Hugo Napoleão, em 1985) e com a Medalha do Mérito Conselheiro Saraiva (pelo Governo Municipal). Em 1996 recebeu o Troféu Nacional Bola de Ouro, em Salvador, pela sua trajetória no futebol. No ano 2000, numa promoção da TV Cidade Verde, que recebeu expressiva votação popular, Sima foi escolhido a Personalidade do Século XX no segmento do esporte. No ano de 2006, a Empresa Correios e Telégrafos (ECT) do Piauí, homenageou Sima e mais doze personalidades com serviço prestado ao futebol piauiense, com Selo de lançamento da Copa do Mundo daquele ano.


Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva.
Fontes: Acesse Piauí, www.riverac.com.br, e Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br.
Página adicionada em 28 de setembro de 2008 - atualizada em 30/Outubro/2016.

 

 

Pesquisa personalizada

 

 

Livros Digitais Campeões do Futebol

Ir ao Topo