Bloco dos Fanaticos728x90

Fluminense derrota o Flamengo nos pênaltis e conquista a Taça Guanabara



História do Fluminense História do Flamengo Campeões da Taça Guanabara    + Noticias

       

Tricolor venceu o Rubro-Negro após empate por 3 a 3 no tempo normal

Flu é Campeão da Taça Guanabara 2017

O Fluminense é campeão da Taça Guanabara. Em uma partida cheia de alternativas, gols e viradas, o Tricolor levou o título nos pênaltis (4 a 2), após empate por 3 a 3 no tempo normal contra o Flamengo, em duelo realizado no estádio Nilton Santos.

Com o título, o Fluminense já está classificado para as semifinais do Campeonato Carioca. O Tricolor poderá jogar por um empate para chegar na decisão da competição.

O JOGO

O Fla-Flu começou em alta velocidade, com um primeiro tempo de muitos gols e viradas, brindando os cariocas que marcaram presença neste domingo, no Engenhão, para acompanhar a decisão da Taça Guanabara. Com vocação ofensiva e fragilidade na defesa, as duas equipes proporcionaram uma partida muito aberta.

Com quatro minutos, o Fluminense saiu na frente. Após finalização fraca de Trauco, Wellington disparou desde o campo de defesa, puxando contra-ataque para o Tricolor, Pará que vinha na marcação escurregou, e o atacante só teve o trabalho de tocar na saída de Muralha.

O empate do Flamengo, porém, não tardou. Em lance de bola parada, Diego levantou a bola para a área, Julio César saiu mal, a bola sobrou para Rafael Vaz que tocou para o meio, Dourado não conseguiu afastar e Willian Arão completou para o fundo das redes.

Ciente da fragilidade tricolor no jogo aéreo, o Flamengo aproveitou e conseguiu a virada aos 22 minutos. Pará recebeu pela direita, cruzou, Guerrero, livre, cabeceou, Julio César defendeu, mas a bola sobrou para Everton completar, também de cabeça, para o fundo das redes tricolores.

Atrás do placar, o Fluminense foi para cima e não demorou a empatar a partida novamente. Aos 31 minutos, Sornoza cobrou escanteio, Léo cabeceou e a bola tocou na mão de Guerrero. Pênalti. Na cobrança, Henrique Dourado converteu para a equipes das Laranjeiras.

Antes do intervalo ainda houve tempo para uma nova virada tricolor na partida. Aos 40 minutos, o Flamengo errou na saída de bola, o Fluminense recuperou, Wellington lançou Lucas, que ficou na cara do gol de Muralha, e só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro rubro-negro.

O segundo tempo começou com uma intensidade menor que o segundo. O Fluminense conseguiu acertar a marcação e segurou o ímpeto ofensivo do Flamengo. Zé Ricardo tentou fazer mudanças que alterassem o rumo da partida. Berrío foi o único jogador que conseguiu render e melhorar a atuação da equipe carioca.

Aos 40 minutos, o Rubro-Negro conseguiu empatar a partida. Richarlison fez falta em Pará. Na cobrança, Guerrero cobrou com categoria, sem chances de defesa para Julio César, que nem pulou para defender. Os últimos minutos foram de pouca efetividade e a decisão seguiu para os pênaltis.

Penalidades

Diego abriu as cobranças, cobranco com muita força, colocando o Flamengo em vantagem. Lucas foi para a bola e deslocou Muralha, empatando a partida. Segundo jogador do Fla a bater, Guerrero encheu o pé e converteu a cobrança. Henrique foi para a bola e empatou para o Fluminense. Terceiro jogador do Flamengo a cobrar, Réver chutou mal e Julio César defendeu. Marquinho foi para a cobrança e colocou o Tricolor em vantagem. Rafael Vaz foi o quarto jogador do Flamengo a bater e finalizou para fora. Marcos Junior foi para a combrança e garantiu a vitória tricolor.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3 (4) X 3 (2) FLAMENGO
Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ) - Data: 05/Março/2017, às 16h
Árbitro: Wagner Nascimento Magalhães (Fifa-RJ) - Assistentes: Rodrigo Figueiredo Corrêa e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Cartões amarelos: Richarlison (FLU); Everton, Trauco (FLA)
Renda: R$ 1.258.830 - Público: 25.451 pagantes
Gols: Wellington,4'/1ºT (1-0); Willian Arão, 7'/1ºT (1-1); Everton, 23'/1ºT (1-2); Henrique Dourado, 33'/1ºT (2-2); Lucas, 40'/1ºT (3-2); Guerrero, 39'/2ºT (3-3)

FLUMINENSE: Júlio César, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo;Pierre, Orejuela, Sornoza (Marquinho, 38'/2ºT), Wellington (Marquinhos Calazans, 36'/2ºT), Richarlison e Henrique Dourado (Marcos Junior, 29'/2ºT). Técnico: Abel Braga.

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Rever, Rafael Vaz e Trauco (Felipe Vizeu, 29'/2ºT); Romulo, Willian Arão (Berrío, 20'/2ºT), Diego, Mancuello (Gabriel, 12'/2ºT) e Everton; Guerrero. Técnico: Zé Ricardo


Sidney Barbosa da Silvapor Sidney Barbosa da Silva
Fonte: twitter.com/FluminenseFC; e www.campeoesdofutebol.com.br
Página adicionada 05/Março/2017.

 

Pesquisa personalizada

Shopping Campeões do Futebol

Ir ao Topo