Todos os Escudos

Primeiro escudoA primeira camisa do Timão era bege com frisos pretos nos punhos e na gola, e o distintivo com as letras "C" e "P" entrelaçadas no peito esquerdo. Havia um problema: quando se lavava o uniforme, o preto do brasão borrava a camisa bege, que também desbotava; como a diretoria não tinha dinheiro para sempre comprar outro, decidiu-se substituir o bege pelo branco.Este é o primeiro usado pelo clube. Criado em 1910, seguindo o padrão europeu.

segundo escudoO segundo foi criado em 1910, seguindo o padrão europeu.








primeiro escudoDepois, ele sofreu uma pequena mudança, ficando menos arredondado.






primeiro escudoEm 1920, o escudo corinthiano sofreu significativa alteração, ficando quase igual ao atual.







Escudo de 1933Em 1933, por causa do incremento dos esportes aquáticos, foram acrescentados âncora e o par de remos dando o visual que é consagrado e admirado até hoje. Com o tempo foi ganhando formas (estrelas) com diversas conquistas corinthianas.





Sport Club Corinthians PaulistaEste é o atual (2009)

Com o passar dos anos, o escudo ganhou estrelas representando as várias conquistas nacionais e internacionais. As quatro estrelas em linha simbolizam as conquistas do tetra-campeonato Brasileiro em 1990, 1998, 1999 e 2005. A estrela superior é o simbolo da maior conquista de um clube: O primeiro Mundial de Clubes da FIFA, em 2000.



MASCOTE DO CORINTHIANS

Mosqueteiro D'Artagnan

Mascote do CorinthiansO símbolo oficial do Corinthians é, não por acaso, um mosqueteiro, ícone da valentia, audácia e espírito de luta.

A adoção do personagem remonta aos primeiros anos de vida do clube. Em 1913, uma cisão nas lideranças do futebol paulista levou à fundação da APEA - Associação Paulista de Esportes Atléticos, para onde se transferiu a maioria dos clubes da época.

Na Liga Paulista, esfacelada, ficaram apenas o Americano, o Germania e o Internacional, conhecidos então como os três mosqueteiros do futebol bandeirante. Nesse cenário, o Corinthians entrou como D'Artagnan, passando a ser o quarto (e mais adorado) mosqueteiro, como no romance criado pelo francês Alexandre Dumas. Para ser aceito no universo esportivo dos mosqueteiros, o Corinthians teve de mostrar sua fibra. Como havia outros pretendentes à vaga, o Corinthians disputou um torneio seletivo contra o Minas Gerais e o São Paulo, outros dois grandes da várzea paulistana.

Com classe e competência, o time corintiano venceu o Minas por 1 a O e derrotou o São Paulo por 4 a 0, sendo aceito na confraria e garantindo o direito de disputar a Divisão Especial da Liga no ano seguinte.


UNIFORMES DO CORINTHIANS

Camisa 1916Camisa Histórica de 1916

Camisa utilizada pelo Corinthians na conquista do Campeonato Paulista de 1916.












Uniforme 1Uniforme 2Uniformes 2005

Uniformes utilizados na conquista do Campeonato Brasileiro de 2005











Camisa Roxa 2008Corinthians lança Camisa Roxa

Em 31 de janeiro de 2008 o Corinthians lançou uma camisa roxa como seu terceiro uniforme. O modelo, que lembra muito o do Fiorentina (ITA), foi densenvolvido para homenagear todos os "corintianos roxos" do clube. A partir de março, os jogadores passaram a usar a cor roxa em algumas partidas do Timão.

Segundo o vice-presidente de marketing do Corinthians, Luís Paulo Rosemberg, a escolha da cor é por causa da paixão dos torcedores pelo time.

"Branco e preto é a nossa eterna tradição, mas o roxo é a cor da nossa paixão. Daqui pra frente, falou roxo, falou Timão" - dizia Rosemberg.

Um dos primeiros jogadores a conhecer o novo modelo foi o atacante Dentinho.

"A camisa é linda. Espero fazer muitos gols para a torcida, pois sem ela o Corinthians não é nada" - afirmava Dentinho.

O Corinthians já teve, até então, camisa número 3 nas cores prateada, preta com listras douradas, etc.


Camisa com logotipo da AACDCorinthians solidário

Ainda sem um patrocinador definido para a temporada 2009, o Corinthians acatou sugestão do atacante Ronaldo para ceder o espaço destinado a patrocinadores a entidades assistenciais. O astro da equipe havia indicado que o time anunciaria o logotipo do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) ou da Unicef, mas não houve acordo com as instituições da Organização das Nações Unidas (ONU).

Com isso, o Corinthians se solidarizou por uma causa nobre para a partida de 15 de fevereiro de 2009 (domingo), às 16h, diante do São Paulo no Estádio do Morumbi. Para o clássico, o Timão cedeu gratuitamente o espaço na camisa alvinegra destinado aos patrocinadores para a AACD, Associação de Assistência à Criança Deficiente, que tem por objetivo divulgar a causa da instituição. O intuito da parceria é mobilizar a população em favor dos 32 mil deficientes físicos que aguardam na fila de espera por atendimento.

A ação não representará qualquer custo para a AACD. Além de dar visibilidade ao trabalho da instituição, a iniciativa possibilitará a obtenção de recursos pela entidade: as camisas utilizadas na partida serão autografadas e leiloadas, com a renda revertida às crianças da AACD.

A AACD investe os recursos recebidos na sua missão, que é "Promover a prevenção, habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência física, especialmente de crianças, adolescentes e jovens, favorecendo a integração social".

Graças às doações recebidas em 2008, foram realizados 1.221.389 atendimentos, entre terapias, consultas, exames, cirurgias e aulas do ensino fundamental para as pessoas com deficiência física atendidas pela instituição.

Livros Digitais Campeões do Futebol




Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva
Fonte: Arquivo www.campeoesdofutebol.com.br e www.corinthians.com.br.
Página adicionada em 05 de dezembro de 2005 - atualizada em 30 de Outubro de 2015.



Pesquisa personalizada






Ir ao Topo