Bloco dos Fanaticos728x90

ALFREDO DI STÉFANO - BIOGRAFIA



Zico Pelé Ferenc Puskás Sima Lev Yashin      + CRAQUES

       

Di Stefano e as 5 Taças da Liga dos Campeões
Di Stefano e as 5 Taças da Liga dos Campeões

CARREIRA

Alfredo Di Stefano Laulhé, provavelmente um dos melhores jogadores de futebol da história e, claro, o baluarte e a bandeira do Real Madrid, nasceu em 04 de julho de 1926, no bairro Barracas, em Buenos Aires - Argentina.

É o mais velho de três irmãos, seu pai, ex-jogador do River Plate (1910/1912), foi capaz de incutir a sua paixão pelo futebol no seu primogênito, de modo que o "flecha loira" jogou durante sete anos no Sportivo Barracas (sua primeira equipe), vindo depois a assinar, com quinze anos, nas categorias menores do River Plate.

Em 1943 faz sua estréia na equipe principal do River Plate contra o San Lorenzo de Almagro. Durante anos ele jogou nas diversas categorias do River, e também participou de jogos amistosos com a equipa principal.

Para o Campeonato Argentino de 1946, Di Stefano foi emprestado ao Huracán, onde faria dez gols em vinte e cinco jogos.

Em 21 de julho do mesmo ano, Di Stefano marcaria o gol mais rápido da história do Campeonato da Primeira Divisão da Argentina, quando fez o único gol do Huracán, aos 8 segundos, no jogo contra o River Plate (1 x 3). Em novembro de 1946, faltando quatro jogos para o final do campeonato, volta ao River Plate.

Sua carreira de sucesso começou em 1947, ao vencer o Sulamericano com a camisa da Argentina, tornando-se o segundo artilheiro do campeonato com um total de 6 gols.

Formou no River com Hugo Rocha, José Moreno, Angel Labruna e Félix Loustau, o famoso "El Elétrico", onde sua carreira decolou de vez. A partir daí, o jornalista Roberto Neuberger colocou o seu apelido de "Saeta Rubia".

Após a suspensão do campeonato argentino de 1948, por causa de uma greve de atletas, muitos jogadores migraram para diversos países. No caso de Di Stéfano, foi parar na chamada Liga Pirata Colombiana, jogando pelo Millonarios de Bogotá, na Colombia.

Em março de 1952, o Millonarios jogaria um torneio na Espanha, em homenagem ao Cinquentenário do Real madrid, chamado de Copa de Ouro, vencendo-o por 4 a 2. Stéfano brilharia marcando dois gols e se tornaria o melhor jogador do Torneio.

A partir desta competição, o Real, bem como o Barcelona, travaram uma grande disputa para tê-lo em seus plantéis. Di Stéfano chegou até a treinar no Barcelona em 1953. Mas acabou mesmo é ficando no Real Madrid após uma briga intensa com o River Plate e o Millonários (da Liga Pirata Colombiana).

Após a briga pelo passe do jogador, o Real Madrid faria a estréia do jogador em 23 de setmbro de 1953, um amistoso contra o Nancy, da França, partida onde marcaria seu primeiro gol com a equipe merengue.

Di Stéfano no Real MadridEstreou na Liga Espanhola (1953/1954) na terceira rodada, em 27 de setembro de 1953, contra o Santander, onde marcaria um gol na vitória do Real por 4 a 1. O Real Madrid, que amargava um jejum de 20 anos sem ganhar a Liga, terminaria a competição como campeão espanhol, e Di Stéfano como artilheiro com 28 gols. Era o início de grandes conquistas.

Pelo Real Madrid jogou em quinhentos e dez partidas dos quais ganhou trezentos e cinquenta e quatro, empatou sessenta e seis, e perdeu noventa, marcando 418 gols. Recebeu o prêmio Balón de Oro como melhor jogador europeu das temporadas correspondentes a 1.957 e 1.959. Sua última partida oficial com o Real Madrid foi em 27 de maio de 1.964 no estadio Prater de Viena na final da IX Copa de Europa, com resultado favorável ao Inter de Milão por dois gols a um.

Na temporada seguinte jogou pelo RCD Español, despedindo-se definitivamente do futebol em 1966 em uma partida de homenagem entre o Real Madrid x Celtic Glasgow.

Os companheiros de sua "última noite" foram Junquera, Calpe, De Felipe, Sanchis, Pirri, Zoco, Serena, Velázquez e Gento. A 13 minutos, Alfredo Di Stefano foi despojado de sua braçadeira de capitão para dar a Ramón Moreno Grosso. Antes da partida, ele recebeu do então Ministro Secretário-Geral do Movimento, José Solís Ruiz, a Medalha de Ouro para o Mérito Desportivo.

Alfredo Di Stefano se naturalizou espanhol em 1956, e em 30 janeiro de 1957, ele jogou sua primeira partida com a camisa da seleção nacional espanhola, contra a Holanda, na vitória da Espanha por 5 a 1, com três gols dêle.

TÍTULOS E CONQUISTAS

Títulos como jogador

River Plate 2 campeonatos na Argentina: 1945, 1947
1 vez artilheiro: 1947 - Di Stefano jogou 29 das 30 partidas do campeonato argentino de 1947 e marcou 27 gols.

Seleção da Argentina 1 Copa América: 1947 - Di Stefano jogou seis dos sete jogos e marcou 6 gols.

Millonarios 3 Campeonatos da Colômbia: 1949, 1951 e 1952
2 vezes Artilheiro: 1951, 1952 - Alfredo Di Stefano marcou 31 gols no campeonato em 1951 e 19 no campeonato em 1952. Jogou pelo Millonarios em 294 partidas e marcou 267 gols em mais de três anos.

Real Madrid

5 Copas da Europa: 1955-56, 1956-57, 1957-58, 1958-59, 1959-60
Ele foi o artilheiro com 10 gols em sete jogos da Taça dos Campeões Europeus 1957-58.

8 ligas de Espanha, 1953-54, 1954-55, 1956-57, 1957-58, 1960-61, 1961-62, 1962-63, 1963-64
5 Toféus de artilheiro: 1953-54, 1955-56, 1956-57, 1957-58, 1958-59; 28 gols em 28 jogos da temporada 1953-54; 24 gols em 30 jogos da temporada 1955-56; 31 gols em 30 jogos da temporada 1956-57; 19 gols em 30 jogos da temporada 1957-58; 23 gols em 28 jogos da temporada 1958-59.

1 Taça Intercontinental: 1960 - O Real Madrid bateu o Peñarol por 5 gols a 1, em Madrid, no segundo jogo da Taça com um gol de Di Stefano

1 Taça de Espanha: 1962
2 Copas Latinas: 1955 e 1957
1 Pequena Copa do Mundo: 1956
3 Troféus Ramón de Carranza: 1958, 1959 e 1960
1 Troféu Benito Villamarín (Sevilla/ESP): 1960

Títulos como treinador

Valencia
1 Taça das Taças: 1980 1 Liga da Espanha, 1970-71
1 Campeonato da Segunda Divisão na Espanha: 1986-87

River Plate 1 Campeonato Nacional da Argentina: 1981
Real Madrid 1 Supercopa da Espanha: 1990-91

Títulos pessoais

2 veces Balón de Oro: 1957, 1959 Revista France Football o premiou com o Ballon d'Or de Melhor Jogador Europeu do Ano.
1 Balón de Plata: Em 1956, a revista France Football o premiou com o Bola de Prata como o Futebolista Europeu do ano depois de Stanley Matthews.

Di Stéfano na seleção Resto do MundoÉ, por 1 vez, o capitão da equipe do Resto do Mundo: jogo que marcou o centenário da Associação de Futebol, no estádio de Wembley, em 23 de outubro de 1963, entre a Inglaterra e a seleção do Resto do Mundo.

Jogaram: Lev Yashin; Djalma Santos, Popluhar, Schnellinger; Pluskal, Masopust; Raymond Kopa, Denis Law, Alfredo Di Stéfano, Eusebio e Francisco Gento. Também jogaram: Soskic, Eyzaguirre, Baxter, Uwe Seeler e Ferenc Puskas.

1 Medalha de Ouro de Mérito Desportivo: 1966 - entregue pelo Ministro Secretario General del Movimiento, José Solís Ruiz.

1 Super Bola de Ouro: A Revista France Football lhe outorgou o Superballon d'Or de Melhor Jogador Europeu de todos os tempos, em 1989.

1 Troféu Melhor Jogador dos 35 anos: Em 1990, a revista Don Balon lhe entregou o troféu de melhor jogador dos últimos 35 anos.

1 Medalha de Mérito da FIFA: A Federação Internacional de Futebol (FIFA), o condecorou com a Ordem do Mérito de futebol em 1994.

1 Medalha ao Mérito Desportivo: Em 1996, a Cidade de Madrid lhe concedeu esta medalha.

1 Tambor de Oro de San Sebastian, em 1997.

1 Hall da Fama (Salón de la Fama de la FIFA): 1998 Em 12 de janeiro de 1998, a FIFA nomeou-o, juntamente com outros nove jogadores lendários de todos os tempos, para entrar no Hall da Fama deste organismo.

1 Prêmio Marca Leyenda: 1999 Em 5 de outubro de 1999, o Diario Marca lhe concede o premio Marca Leyenda.

1 Grã-Cruz da Ordem do Mérito Desportivo: O Conselho de Ministros aprovou um decreto Real pelo qual ele foi condecorado com a Grande Cruz da Real Ordem de Mérito Desportivo, que foi entregue pela Infanta Cristina.

Estatísticas

Participações no Campeonato Argentino
Temporada Equipe Classificação Jogos Gols
1945 River Plate 1 0
1946 Huracán 25 10
1947 River Plate 29 27
1948 River Plate 23 13
1949 River Plate 12 9
90 59
Participações Internacionais
Ano Seleção Jogos Gols
1947 Argentina 6 6
1949 Colômbia 4 0
1957-61 Espanha 31 23
41 29
Partidos com a Seleção da Argentina
Competição Data Local Rival Resultado Gols
Copa América 04.12.1947 Guayaquil Bolívia 7-0 1
Copa América 11.12.1947 Guayaquil Perú 3-2 1
Copa América 16.12.1947 Guayaquil Chile 1-1 1
Copa América 18.12.1947 Guayaquil Colombia 6-0 3
Copa América 25.12.1947 Guayaquil Equador 2-0 0
Copa América 28.12.1947 Guayaquil Uruguai 3-1 0
Participacões na Copa da Europa
Temporada Equipe Classificação Jogos Gols
1955-56 Real Madrid 7 5
1956-57 Real Madrid 8 7
1957-58 Real Madrid 7 10
1958-59 Real Madrid 8 6
1959-60 Real Madrid 7 8
1960-61 Real Madrid 16º 2 0
1961-62 Real Madrid 10 7
1962-63 Real Madrid 32º 2 1
1963-64 Real Madrid 9 5
60 49
Participaciões na Liga da Espanha
Temporada Equipe Classificação Jogos Gols
1953-54 Real Madrid 28 28
1954-55 Real Madrid 30 25
1955-56 Real Madrid 30 24
1956-57 Real Madrid 30 31
1957-58 Real Madrid 30 19
1958-59 Real Madrid 28 23
1959-60 Real Madrid 23 12
1960-61 Real Madrid 23 21
1961-62 Real Madrid 23 10
1962-63 Real Madrid 13 12
1963-64 Real Madrid 24 11
1964-65 Espanhol 11º 24 7
1965-66 Espanhol 12º 23 4
329 227
Partidas com a Seleção da Espanha
Competição Data Local Rival Resultado Gols
Amistoso 30.01.1957 Madrid Holanda 5-1 3
Eliminatorias Mundial 10.03.1957 Madrid Suíça 2-2 0
Amistoso 31.03.1957 Bruxelas Bélgica 5-0 2
Eliminatorias Mundial 08.05.1957 Glasgow Escócia 2-4 0
Eliminatorias Mundial 26.05.1957 Madrid Escócia 4-1 0
Amistoso 06.11.1957 Madrid Turquía 3-0 0
Eliminatorias Mundial 24.11.1957 Lausanne Suíça 4-1 2
Amistoso 13.03.1958 París França 2-2 0
Amistoso 19.03.1958 Frankfurt Alemanha Ocidental 0-2 0
Amistoso 13.04.1958 Madrid Portugal 1-0 1
Amistoso 15.10.1958 Madrid Irlanda do Norte 6-2 0
Amistoso 28.02.1959 Roma Itália 1-1 1
Eliminatorias da Eurocopa 28.06.1959 Katowice Polónia 4-2 2
Eliminatorias da Eurocopa 14.10.1959 Madrid Polonia 3-0 1
Amistoso 22.11.1959 Valencia Áustria 6-3 2
Amistoso 17.12.1959 París França 3-4 0
Amistoso 13.03.1960 Barcelona Itália 3-1 1
Amistoso 15.05.1960 Madrid Inglaterra 3-0 0
Amistoso 10.07.1960 Lima Perú 3-1 1
Amistoso 14.07.1960 Santiago Chile 4-0 2
Amistoso 17.07.1960 Santiago Chile 4-1 2
Amistoso 24.07.1960 Buenos Aires Argentina 0-2 0
Amistoso 26.10.1960 Londres Inglaterra 2-4 0
Amistoso 30.10.1960 Viena Áustria 0-3 0
Amistoso 02.04.1961 Madrid França 2-0 0
Eliminatorias Mundial 19.04.1961 Cardiff País de Gales 2-1 1
Eliminatorias Mundial 18.05.1961 Madrid País de Gales 1-1 0
Amistoso 11.06.1961 Sevilla Argentina 2-0 1
Eliminatorias Mundial 12.11.1961 Casablanca Marrocos 1-0 0
Eliminatorias Mundial 23.11.1961 Madrid Marrocos 3-2 1
Amistoso 10.12.1961 París França 1-1 0

Pesquisas realizadas por Sidney Barbosa da Silva.
Fontes: www.campeoesdofutebol.com.br e www.distefano.es
Página adicionada em 14 de abril de 2011

 

 

Pesquisa personalizada

 

 

Livros Digitais Campeões do Futebol

Ir ao Topo